Meteorologia

  • 18 MAIO 2024
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 20º

Em (futura) guerra nuclear, Putin e Xi avisam: Não haverá vencedores

Vladimir Putin e Xi Jinping encontraram-se, esta quinta-feira, e para além de uma série de acordos assinados, demonstraram alguma 'compreensão' entre si.

Em (futura) guerra nuclear, Putin e Xi avisam: Não haverá vencedores
Notícias ao Minuto

11:32 - 16/05/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Vladimir Putin

Os presidentes da Rússia e da China, Vladimir Putin e Xi Jinping, emitiram um comunicado conjunto na qual expressam preocupação pelos riscos acrescidos que surgem na sequência das relações entre potências nucleares.

De acordo com um comunicado citado pela imprensa russa, a declaração aponta que não pode haver vencedores numa guerra nuclear,

Segundo a nota, tanto Moscovo como Pequim estão preocupados com a participação da Austrália nos planos dos Estados Unidos no âmbito da prevenção.

Os dois países vão aumentar o número de exercícios militares entre os dois países, e Pequim adiantou que apoia os esforços russos para garantir e integridade territorial.

O encontro entre Putin e Xi decorre durante esta quinta e sexta-feira, e é a primeira visita do líder russo ao estrangeiro desde que foi reeleito, já este ano.

Na véspera da visita, Putin afirmou, numa entrevista à imprensa oficial chinesa, que o Kremlin quer negociar uma solução para o conflito na Ucrânia. "Estamos abertos a um diálogo sobre a Ucrânia, mas essas negociações devem ter em conta os interesses de todos os países envolvidos no conflito", afirmou.

A deslocação do líder russo ocorre numa altura em que as forças do seu país têm vindo a intensificar uma ofensiva na região de Kharkiv, no nordeste da Ucrânia, que teve início na semana passada, na incursão fronteiriça mais significativa desde o início da invasão em grande escala.

Juntamente com os esforços de Moscovo para aproveitar os seus ganhos na região vizinha de Donetsk, a guerra de dois anos entrou numa fase crítica para as forças armadas ucranianas, que aguardam novos fornecimentos de mísseis antiaéreos e cartuchos de artilharia dos Estados Unidos.

"Estamos a procurar uma solução abrangente, sustentável e justa para este conflito", afirmou Putin, citado pela Xinhua.

Leia Também: Xi e Putin de acordo sobre soluções para conflitos na Ucrânia e Palestina

Recomendados para si

;
Campo obrigatório