Meteorologia

  • 23 MAIO 2024
Tempo
24º
MIN 12º MÁX 24º

Johan Lundgren deixa de ser CEO da easyJet em 2025 e já tem substituto

A companhia aérea britânica easyJet anunciou hoje que o presidente executivo, Johan Lundgren, vai deixar o cargo no início de 2025 para ser substituído por Kenton Jarvis, atual diretor financeiro. 

Johan Lundgren deixa de ser CEO da easyJet em 2025 e já tem substituto
Notícias ao Minuto

08:42 - 16/05/24 por Lusa

Economia EasyJet

Jarvis trabalha para a easyJet desde 2021 e vai continuar nas funções de 'Chief Financial Officer' até ser encontrado um sucessor, adiantou a empresa. 

Lundgren sai após sete anos em funções, durante os quais "fez um excelente trabalho", afirmou o presidente do Conselho de Administração da easyJet, Stephen Hester. 

"Conduziu a empresa através dos imensos desafios do período covid e estabeleceu uma estratégia clara e um forte plano de execução para sua ambição de "ser a companhia aérea mais querida da Europa, beneficiando clientes, acionistas e funcionários", sublinhou. 

Hester vincou que Lundgren vai ficar até ao fecho do ano fiscal, que a empresa espera "seja mais um ano de fortes progressos".

A promoção de Kenton Jarvis de diretor financeiro a presidente executivo permite "uma transição ordenada e sem problemas", referiu o mesmo responsável, feita "após um processo exaustivo, com uma forte seleção de candidatos internos e externos". 

"Estamos concentrados na execução do plano de médio prazo e dos objetivos financeiros conexos estabelecidos no início deste ano e consideramos Kenton a pessoa ideal para liderar a nossa equipa executiva", afirmou.

Leia Também: EasyJet com prejuízo de 408 milhões no primeiro semestre de 2024

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório