Meteorologia

  • 21 MAIO 2024
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 20º

Rússia reivindica tomada de localidades no nordeste e no sul da Ucrânia

Os avanços russos na região levaram à deslocação de mais de 7.500 pessoas nos últimos dias.

Rússia reivindica tomada de localidades no nordeste e no sul da Ucrânia
Notícias ao Minuto

12:30 - 15/05/24 por Lusa

Mundo Ucrânia/Rússia

A Rússia reivindicou hoje a tomada das localidades de Glubokoe e Lukiantsi, na região ucraniana de Kharkiv (nordeste), e de Robotyne, na região de Zaporíjia (sul).

Robotyne foi uma das poucas conquistas ucranianas durante a contraofensiva no verão de 2023, segundo a agência francesa AFP.

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, visitou Robotyne em fevereiro deste ano para apoiar as tropas ucranianas.

Na região de Kharkiv, alvo de uma ofensiva surpresa desde sexta-feira, as forças russas "libertaram as localidades de Glubokoe e Lukiantsi", afirmou o Ministério da Defesa da Rússia num comunicado.

As tropas de Moscovo "também avançaram profundamente nas defesas inimigas", disse o ministério, citado pela AFP.

A Ucrânia anunciou hoje o envio de reforços para a região de Kharkiv, depois de uma parte das forças ter sido retirada de algumas posições devido aos avanços significativos das tropas russas.

Zelensky cancelou hoje as viagens ao estrangeiro que tinha programado para os próximos dias e que deveriam incluir Espanha e Portugal.

"Volodymyr Zelensky solicitou o adiamento de todos os eventos internacionais programados para os próximos dias e a fixação de novas datas", anunciou o porta-voz do Presidente, Serguei Nykyforov, nas redes sociais.

Os avanços russos na região levaram à deslocação de mais de 7.500 pessoas nos últimos dias.

A agência oficial russa TASS noticiou hoje a retirada de cerca de 8.000 pessoas do lado russo da fronteira.

Zelensky pediu na terça-feira aos Estados Unidos o envio de dois sistemas de mísseis "Patriot" para defender Kharkiv durante uma reunião em Kiev com o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken.

Leia Também: Depois de Portugal e Espanha, Zelensky cancela toda a sua agenda

Recomendados para si

;
Campo obrigatório