Meteorologia

  • 12 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 23º

Libertado jornalista nigeriano Daniel Ojukwu após detenção de 10 dias

O jornalista nigeriano Daniel Ojukwu foi hoje libertado em Abuja, após ter estado detido durante 10 dias pela polícia, informou a Fundação para o Jornalismo de Investigação, para a qual o repórter trabalha.

Libertado jornalista nigeriano Daniel Ojukwu após detenção de 10 dias
Notícias ao Minuto

15:48 - 10/05/24 por Lusa

Mundo Nigéria

"Depois de as organizações da sociedade civil se terem manifestado à porta da sede da polícia, na quinta-feira, para exigir a sua libertação, a polícia começou a ceder, o que levou à sua libertação" hoje, afirmou a Fundação no seu site.

No início de maio, várias organizações de defesa da liberdade de imprensa apelaram às autoridades nigerianas para que libertassem o jornalista Daniel Ojukwu, que foi detido na sequência da sua investigação sobre o alegado desvio de fundos públicos por um antigo assessor do ex-presidente nigeriano Muhammadu Buhari.

Num comunicado emitido na quarta-feira, a organização Report for the World descreveu a detenção como um "ataque monumental à liberdade de imprensa".

Daniel Ojukwu não era visto desde 01 de maio. A sua família e colegas souberam no dia 03 de maio que ele tinha sido preso e detido pela polícia em Lagos, antes de ser transferido para uma esquadra da capital, Abuja, por violar a lei do cibercrime, segundo o Comité para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

Na Nigéria, não é raro os jornalistas serem vítimas de ataques e detenções arbitrárias por parte das autoridades.

O país está classificado em 112.º lugar entre 180 países no último índice mundial de liberdade de imprensa dos Repórteres Sem Fronteiras (RSF).

Leia Também: Senado aprova pena de morte por tráfico ou consumo de droga na Nigéria

Recomendados para si

;
Campo obrigatório