Meteorologia

  • 22 JULHO 2024
Tempo
32º
MIN 18º MÁX 37º

Bangladesh instado a acabar com repressão a trabalhadores do setor têxtil

A organização Amnistia Internacional (AI) instou hoje as autoridades do Bangladesh a acabarem com a repressão aos trabalhadores do setor têxtil, num dia marcado por manifestações e reivindicações por ocasião do Dia Internacional dos Trabalhadores.

Bangladesh instado a acabar com repressão a trabalhadores do setor têxtil
Notícias ao Minuto

11:54 - 01/05/24 por Lusa

Mundo Amnistia Internacional

"Pedimos ao Governo do Bangladesh que ponha imediatamente fim à repressão dos direitos destes trabalhadores e garanta que possam exercer o seu direito à liberdade de expressão e associação", adiantou a vice-diretora regional da Amnistia Internacional para o Sul da Ásia.

Segundo a organização, os trabalhadores daquele que é um dos principais setores da economia deste país asiático vivem "sob uma atmosfera de medo" devido a abusos dos direitos humanos.

No dia em que se assinala o Dia Internacional dos Trabalhadores, marcado por manifestações na capital e zonas industriais do país para reivindicar os direitos dos trabalhadores, a Amnistia Internacional lembrou que entre outubro e novembro do ano passado morreram pelo menos quatro trabalhadores em protestos onde exigiam melhores salários.

Em junho, um dirigente sindical foi assassinado, alegadamente por pessoas contratadas pelos proprietários de uma fábrica, quando reivindicava que fossem pagos os salários em atraso aos trabalhadores.

Desde esses protestos foram instaurados pelo menos 35 processos criminais contra trabalhadores têxteis e presas 131 pessoas, incluindo vários líderes sindicais.

"Isto teve um efeito inibidor sobre os líderes sindicais e grupos de direitos laborais que foram silenciados por medo de serem detidos e presos", afirmou a organização.

Leia Também: AI: Estado de Direito pode colapsar se não houver limites a tecnologias

Recomendados para si

;
Campo obrigatório