Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 28º

Morreram 26 das mais de 100 baleias encalhadas em praia na Austrália

A maioria dos animais deverá ser eutanasiado, mas responsáveis ainda vão tentar levar os animais até águas mais profundas.

Morreram 26 das mais de 100 baleias encalhadas em praia na Austrália
Notícias ao Minuto

15:22 - 25/04/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

Mundo Austrália

O Serviço de Parques e Vida Selvagem da Austrália Ocidental anunciou, esta quinta-feira, que morreram pelo menos 26 das baleias-piloto que ficaram encalhadas numa praia.

De acordo com as publicações internacionais, terão ficado encalhados até 160 destes animais - apesar de os primeiros números darem conta de entre 50 a 100 baleias-piloto.

"Uma equipa de funcionários experientes, incluindo funcionários, cientistas e veterinários estão no local ou a caminho", explicaram os responsáveis.

Os funcionários responsáveis vão tentar desviar algumas baleias-piloto até águas mais profundas.

Mas os serviços australianos dizem que na maioria destes casos "acabam por ser eutanasiados, por ser a solução mais humanista".

Este tipo de incidente é invulgar na Austrália e Nova Zelândia.

Quase 100 baleias-piloto morreram ou foram abatidas em julho, apesar de uma tentativa de resgate que durou dois dias, após terem encalhado na praia de Cheynes, perto da antiga estação baleeira de Albany, 355 quilómetros a sudeste de Dunsborough.

Em 1918, cerca de mil baleias-piloto ficaram encalhadas nas remotas Ilhas Chatham, a cerca de 800 quilómetros da costa sudeste da Nova Zelândia.

Na Austrália, o pior incidente ocorreu em 2020, quando 470 baleias-piloto ficaram encalhadas numa área remota da ilha da Tasmânia, das quais apenas uma centena foi resgatada e levada para alto mar.

Dois anos depois a maioria das 230 baleias-piloto que encalharam naquele mesmo local morreram.

Leia Também: Dezenas de baleias-piloto encalham na costa oeste da Austrália

Recomendados para si

;
Campo obrigatório