Meteorologia

  • 19 MAIO 2024
Tempo
19º
MIN 12º MÁX 21º

"Transformador". Mulher faz primeira cirurgia combinada do mundo nos EUA

Uma bomba mecânica foi implementada para manter o seu coração a bater e recebeu um transplante de rim de um porco geneticamente modificado. 

"Transformador". Mulher faz primeira cirurgia combinada do mundo nos EUA
Notícias ao Minuto

23:52 - 24/04/24 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Uma mulher de 54 anos, natural de Nova Jérsia, nos Estados Unidos, estava à beira da morte e, por isso, a equipa médica que a acompanhava decidiu que um transplante tradicional não iria resultar. Eis que foi submetida à primeira cirurgia combinada do mundo: um rim de porco e uma bomba cardíaca.

A combinação de insuficiência cardíaca e renal de Lisa Pisano deixou-a demasiado doente para se qualificar para um transplante tradicional. Foi então que os médicos da Patient Care at NYU Langone Health conceberam uma nova solução, conta a Associated Press (AP).

Foi implantada uma bomba mecânica para manter o coração de Lisa a bater, no passado dia 4 de abril, e, oito dias depois, a 12 de abril, foi transplantado um rim de um porco geneticamente modificado. 

Lisa Pisano foi a primeira mulher do mundo a fazer esta cirurgia combinada. Agora está a recuperar bem, de acordo com a equipa médica, em declarações nesta quarta-feira.

Esta semana, a paciente pegou num andarilho e deu os seus primeiros passos.

"Eu estava no fim da linha. Apenas arrisquei. Na pior das hipóteses, se não funcionar comigo, poderá funcionar com outra pessoa e poderá ter ajudado a próxima pessoa", afirmou Pisano à AP.

Robert Montgomery, diretor do instituto de transplantes, revelou que foram ouvidos aplausos na sala de operações quando o rim transplantado começou a produzir urina.

"Tem sido transformador", declarou Montgomery sobre os primeiros resultados da experiência.

Contudo, há ainda algumas reservas do cirurgião cardiologista que implantou a bomba cardíaca, que ressalva que "ainda não estamos safos".

“Com esta cirurgia, posso voltar a ver a minha mulher sorrir”, disse o marido de Pisano, Todd, na quarta-feira.

Lisa é a primeira mulher a receber um órgão de porco. Ao contrário de experiências anteriores de xenotransplante, tanto o coração como os rins tinham falhado. A paciente entrou em paragem cardiorrespiratória e teve de ser reanimada antes das cirurgias experimentais, tornando-a inelegível para o transplante de rim.

"Sentia-me miserável", conta a mulher.

Apesar da evolução ser positiva e de não haver qualquer sinal de rejeição do órgão, refere a AP, não há como prever o resultado desta dupla cirurgia a longo prazo.

Leia Também: Homem transplantado com rim de porco modificado pela 1.ª vez no mundo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório