Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 28º

Guterres condena "qualquer ato de retaliação" após ataque de Israel

O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou hoje "qualquer ato de retaliação" no Médio Oriente, num apelo para a contenção horas após Israel ter prosseguido o fogo cruzado com o Irão, lançando vários 'drones' sobre a localidade de Isfahan.

Guterres condena "qualquer ato de retaliação" após ataque de Israel
Notícias ao Minuto

15:00 - 19/04/24 por Lusa

Mundo Médio Oriente

Tal como fez na quarta-feira no Conselho de Segurança, Guterres exortou ao "fim da perigosa espiral de retaliações" iniciada depois do bombardeamento do consulado iraniano em Damasco, Síria, e do subsequente lançamento de dezenas de 'drones' (aeronaves não-tripuladas) e mísseis sobre território israelita, no sábado.

O responsável máximo das Nações Unidas instou a comunidade internacional a cooperar para "impedir" uma escalada que "poderia derivar em consequências devastadoras para toda a região e além dela", segundo um comunicado hoje divulgado pelo seu porta-voz, Stéphane Dujarric.

Segundo meios de comunicação social norte-americanos, Israel disparou vários mísseis contra o Irão na província de Isfahan, no centro do país, na madrugada de hoje.

O Irão negou o ataque, começando por dizer que as defesas antiaéreas tinham abatido vários 'drones' e, mais tarde, afirmando apenas que havia "vários objetos voadores".

Leia Também: Guterres defende "fim da ocupação" e Estado Palestiniano "independente"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório