Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
26º
MIN 17º MÁX 29º

Irão garante na ONU que fará Israel "lamentar" qualquer ataque ao país

O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano afiançou hoje no Conselho de Segurança da ONU que Teerão fará Israel "lamentar" qualquer ataque ao seu país.

Irão garante na ONU que fará Israel "lamentar" qualquer ataque ao país
Notícias ao Minuto

19:57 - 18/04/24 por Lusa

Mundo ONU

"As ações de legítima defesa e contramedidas do Irão terminaram, pelo que o regime terrorista israelita deve pôr termo a qualquer novo aventureirismo militar contra os nossos interesses", declarou Hossein Amir-Abdollahian numa reunião sobre a situação no Médio Oriente.

"No caso de o regime israelita utilizar a força e violar a nossa soberania, a República Islâmica do Irão não hesitará um segundo em fazer valer os seus direitos, responder de forma decisiva e adequada e fazer com que o regime lamente as suas ações", acrescentou.

Israel anunciou que se reserva "o direito de se proteger" do Irão, após o ataque iraniano perpetrado no passado fim de semana, com mais de 350 'drones' (aeronaves não-tripuladas) e mísseis lançados sobre Israel, a quase totalidade dos quais foi intercetada no ar. Mas não forneceu qualquer informação sobre os meios, a data e os alvos de uma eventual operação.

Teerão apresentou o seu ataque como uma retaliação ao ataque mortal imputado a Israel ao consulado iraniano em Damasco, Síria, no início de abril.

Foi um ataque "limitado e proporcional", justificou hoje o chefe da diplomacia iraniana, assegurando que o Irão tinha até então dado provas de "contenção", referindo-se à guerra que Israel trava há mais de seis meses contra o movimento islamita palestiniano Hamas (apoiado por Teerão) na Faixa de Gaza, em retaliação contra um ataque de dimensões sem precedentes daquele grupo em território israelita, a 07 de outubro de 2023.

Leia Também: EUA e Reino Unido impõem novas sanções ao Irão após ataque a Israel

Recomendados para si

;
Campo obrigatório