Meteorologia

  • 24 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 25º

"Esperamos e rezamos". Amina é uma das vítimas do ataque do Irão

Pai recorda pormenores da noite em que a filha teve de ser hospitalizada em estado grave.

"Esperamos e rezamos". Amina é uma das vítimas do ataque do Irão
Notícias ao Minuto

09:16 - 17/04/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Israel

Uma menina de sete anos ficou ferida durante o ataque aéreo do Irão, contra Israel, na madrugada de domingo.

O míssil iraniano foi interceptado no ar, mas a menina acabou por ser atingida pelos fragmentos do mesmo e está agora a lutar pela vida no hospital.

Amina al-Hassouni está em estado grave depois de a casa onde vivia ter sido atingida pelos fragmentos daquele que é o primeiro ataque do Irão contra Israel, escreve o The Jewish Chronicle.

Numa altura em que começam a ser partilhadas as primeiras imagens da vítima, o pai da menina, Mohammed al-Hassouni, afirma que Amina adora cantar e dançar, e recorda o que aconteceu naquela noite.

"Quando tudo começou, ouviam-se alarmes e misseis. Um deles caiu na nossa casa e a Amina foi atingida na cabeça", recorda, acrescentando que a menor estaria a dormir na altura.

"Ela está num estado muito grave, foi submetida a duas cirurgias. Disseram-nos para esperar e é isso que estamos a fazer. Esperamos e rezamos a toda a hora", afirma o pai.

As tensões entre Israel e Irão, já marcadas pela ofensiva de Telavive na Faixa de Gaza, agudizaram-se nas últimas semanas, depois de um bombardeamento, a 1 de abril, do consulado do Irão em Damasco, na Síria, que matou sete membros da Guarda Revolucionária e seis cidadãos sírios.

Depois disso, o Irão lançou, na noite de sábado e madrugada de domingo, um ataque contra Israel, com recurso a mais de 300 'drones', mísseis de cruzeiro e balísticos, a grande maioria intercetados, segundo o Exército israelita.

Esta foi a primeira vez que o Irão lançou um ataque militar direto contra Israel, apesar de décadas de hostilidades que remontam à Revolução Islâmica de 1979.

Leia Também: EUA vão impor novas sanções ao Irão

Recomendados para si

;
Campo obrigatório