Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 22º

Alegado autor de atentado contra desertor ucraniano preso na Rússia

Os serviços de segurança russos (FSB) anunciaram hoje a prisão de um cidadão russo por alegada tentativa de assassinato de um ex-oficial dos serviços de segurança ucranianos (SBU), que ficou ferido num atentado com carro armadilhado.

Alegado autor de atentado contra desertor ucraniano preso na Rússia
Notícias ao Minuto

11:05 - 16/04/24 por Lusa

Mundo Guerra na Ucrânia

O FSB declarou em comunicado que "deteve um cidadão russo, nascido em 1983, que fez explodir o carro de um cidadão russo, antigo membro dos serviços de segurança ucranianos, em Moscovo (...) por ordem dos serviços especiais ucranianos".

Vassili Prozorov, um antigo oficial ucraniano que desertou para a Rússia, acusou também "o regime terrorista de Kyiv" de ser responsável pelo atentado.

De acordo com o FSB, o suspeito detido no âmbito de uma investigação sobre uma "tentativa de assassinato", na semana passada, chegou à Rússia vindo da Ucrânia em março.

"(O suspeito) obteve componentes para um dispositivo explosivo controlado à distância, montou-o" e colocou-o debaixo do carro do ex-oficial da SBU.

Em março de 2019, Vassili Prozorov, numa conferência de imprensa em Moscovo, foi apresentado como desertor que tinha regressado à Rússia.

Na altura, disse que tinha trabalhado para o SBU entre 1999 e 2018, mas que tinha fornecido informações à Rússia desde abril de 2014 por "razões ideológicas".

Desde o início da ofensiva contra a Ucrânia, no final de fevereiro de 2022, vários assassinatos ou tentativas de assassinato atribuídos a Kyiv tiveram como alvo figuras proeminentes da Rússia que apoiam a ofensiva militar do Kremlin.

Leia Também: Chefe do governo eslovaco quer solução pacífica da guerra na Ucrânia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório