Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 20º

Quem é o bispo atacado em Sydney? As imagens após o "ato terrorista"

Ataque ocorreu durante um sermão transmitido em direto pela Internet a partir de uma igreja assíria.

Notícias ao Minuto

08:03 - 16/04/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

Mundo Sydney

Na última segunda-feira, Sydney voltou a viver um momento de pânico. Um adolescente levou a cabo um ataque com arma branca numa igreja, no qual quatro pessoas ficaram feridas, incluindo um bispo que presidia a cerimónia, e que foi considerado como um "ato terrorista". Mas quem é este bispo?

De acordo com a estação australiana 9News, trata-se de Mar Mari Emmanuel, um bispo ortodoxo assírio, que emigrou do Iraque para Fairfield em Sydney, Austrália, quando ainda era criança, na década de 1970.

Foi ordenado pastor em 2009 e tornou-se bispo da Igreja Assíria do Bom Pastor, em Wakeley, em 2011. Emmanuel é muito conhecido naquela Igreja e dá também palestras religiosas internacionais.

Tinha um grande número de seguidores nas redes sociais, onde a sua Igreja Assíria, um ramo conservador da Ortodoxia, transmitia os seus sermões em direto. Ficou conhecido pela imprensa durante a pandemia após partilhar opiniões controversas sobre as vacinas contra a Covid-19.

De notar, inclusivamente, que o ataque ao bispo acabou por ficar gravado, uma vez que a cerimónia onde tudo aconteceu estava a ser transmitida em direto. 

Já esta terça-feira, a Igreja revelou que o bispo encontra-se em estado estável e que vinha a receber ameaças há cerca de duas semanas.

Um bispo e o jovem suspeito encontravam-se entre as quatro pessoas tratadas por "ferimentos que não punham em risco a vida" após o ataque.

Foi "um ato de terrorismo"

Já na noite de ontem, fontes policiais confirmaram que o ataque foi "um ato de terrorismo". "Acreditamos que há elementos que satisfazem (esta declaração) em termos de (ato) extremista de motivação religiosa", declarou Karen Webb, comissária da polícia do Estado australiano de Nova Gales do Sul, numa conferência de imprensa em Sydney.

O ataque ocorreu por volta das 19h00 locais (08h00 em Lisboa) de segunda-feira na Igreja Assíria do Bom Pastor, no distrito de Wakeley, e gerou fúria entre os fiéis da paróquia, disse Andrew Holland, um alto oficial da polícia estadual de Nova Gales do Sul.

Holland acrescentou que, após o ataque, dois agentes policiais foram hospitalizados e vários veículos foram danificados durante os "violentos protestos" que se seguiram.

Os agentes ficaram feridos depois de vários fiéis terem arremessado "garrafas, tijolos e outros objetos", indicou o mesmo representante.

Segundo a imprensa local, o presumível agressor, que atacou na altura em que o pastor lia o sermão, foi preso pelas autoridades policiais ainda dentro da igreja.

Este incidente aconteceu dois dias após um outro esfaqueamento ter provocado seis mortos num centro comercial em Sydney.

Pode ver na fotogaleria acima as imagens do local após o ataque e algumas homenagens que se seguiram.

Leia Também: Polícia australiana classifica ataque em igreja como "ato terrorista"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório