Meteorologia

  • 20 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 22º

Agência de Aviação pede prudência no espaço aéreo israelita e iraniano

AESA mantém recomendações, embora tenha dito que nenhum sobrevoo civil foi colocado em risco durante as tensões do fim de semana.

Agência de Aviação pede prudência no espaço aéreo israelita e iraniano
Notícias ao Minuto

09:34 - 15/04/24 por Notícias ao Minuto

Mundo AESA

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (AESA) reafirmou, esta segunda-feira, o conselho para que as companhias aéreas tenham cuidado no espaço aéreo israelita e iraniano.

De acordo com a Reuters, a AESA deixou este alerta, embora tenha dito que nenhum sobrevoo civil foi colocado em risco durante as tensões do fim de semana.

A AESA e a Comissão Europeia "continuarão a acompanhar de perto a situação para avaliar quaisquer potenciais riscos de segurança para os operadores de aeronaves da UE e estarão prontas para atuar conforme apropriado", refere uma nota, citada pela agência noticiosa.

Desta forma as orientações em vigor para as companhias aéreas continuam a ser aplicáveis. 

Note-se que as companhias aéreas mundiais enfrentam algumas perturbações após o ataque do Irão a Israel. No fim de semana, todos os espaços aéreos afetados - Israel, Líbano, Jordânia, Iraque e Irão - foram encerrados pelas autoridades competentes. 

Segundo a AESA, todos os encerramentos temporários do espaço aéreo impostos no fim de semana já chegaram ao fim.

Recorde-se que o Irão lançou, na noite de sábado e madrugada de domingo, um ataque contra Israel, como retaliação pelo bombardeamento ao consulado iraniano em Damasco, em 1 de abril, que matou sete membros da Guarda Revolucionária e seis cidadãos sírios e que aumentou as tensões entre Teerão e Telavive, já marcadas nos últimos tempos pela ofensiva de Israel na Faixa de Gaza.

Leia Também: Zelensky pede aos aliados sistema de defesa aéreo igual ao de Israel

Recomendados para si

Campo obrigatório