Meteorologia

  • 23 MAIO 2024
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 23º

Ataque em Sydney? "O motivo nesta fase é desconhecido", afirma Albanese

O primeiro-ministro australiano descreveu ainda o ataque como "um ato horrível de violência indiscriminadamente dirigido a pessoas inocentes que passavam um sábado normal, a fazer as suas compras".

Ataque em Sydney? "O motivo nesta fase é desconhecido", afirma Albanese
Notícias ao Minuto

10:44 - 13/04/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Austrália

O primeiro-ministro australiano, Anthony Albanese, classificou o ataque à faca no centro comercial Westfield, em Bondi Junction, Sydney, como "um ato horrível de violência" e adiantou que "o motivo é desconhecido".

"Acho que o comissário da polícia deixou claro que a especulação é inútil neste momento. Devemos permitir que os investigadores façam o seu trabalho. O motivo nesta fase é desconhecido e, é claro, continuaremos a atualizar o público australiano à medida que mais informações forem conhecidas", referiu, em conferência de imprensa aos jornalistas, citado pelo The Guardian.

Anthony Albanese elogiou ainda a bravura da agente da polícia que disparou contra o atacante, dizendo que entrou sozinha no "processo que estava a decorrer, obviamente muito perigoso".

"É certamente uma heroína. Não há dúvida de que ela salvou vidas através da sua ação. E é um lembrete de que as pessoas que usam uniforme são pessoas que correm para o perigo e não para longe dele. E agradeço a cada um deles pelas ações que tomaram até agora e pelas ações que tomarão nos próximos dias, que também será um período difícil", frisou.

O primeiro-ministro australiano descreveu o ataque como "um ato horrível de violência indiscriminadamente dirigido a pessoas inocentes que passavam um sábado normal, a fazer as suas compras".

E continuou: "As cenas devastadoras de Bondi Junction ultrapassam as palavras, ou a compreensão. Os australianos estão chocados esta noite".

Anthony Albanese endereçou ainda as "mais profundas condolências a todos aqueles que estão de luto por alguém que perderam" e "força para aqueles que ficaram feridos".

Reece Kershaw, o comissário da Polícia Federal Australiana que participou na mesma conferência de imprensa, reiterou as palavras do primeiro-ministro, esclarecendo que "é muito cedo para determinar o motivo", alertando que seria "inútil especular" nesta fase.

Questionado se há alguma informação sobre se este foi um incidente terrorista, Kershaw respondeu: "É muito cedo para fazer essa avaliação. Contudo, todas as agências, as agências certas, estão a trabalhar em conjunto para fazer essa avaliação".

Recorde-se que pelo menos sete pessoas morreram após um homem ter esfaqueado cerca de uma dezena de pessoas num centro comercial em Sydney, na Austrália, incluindo o atacante, que foi abatido pelas autoridades. 

O ataque à faca correu no centro comercial Westfield, em Bondi Junction, em Sydney, que foi encerrado, tendo a polícia australiana aconselhado as pessoas a evitarem a zona.

[Notícia atualizada às 14h05]

Leia Também: Cavalo surpreende ao esperar e tentar embarcar em comboio na Austrália

Recomendados para si

;
Campo obrigatório