Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 22º

Sydney. Ataque num 'shopping' faz pelo menos 7 mortos, incluindo atacante

O ataque correu no centro comercial Westfield, em Bondi Junction, em Sydney, que foi encerrado, tendo a polícia australiana aconselhado as pessoas a evitarem a zona.

Sydney. Ataque num 'shopping' faz pelo menos 7 mortos, incluindo atacante
Notícias ao Minuto

08:21 - 13/04/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

Mundo Austrália

Pelo menos seis pessoas morreram após um homem ter esfaqueado cerca de uma dezena de pessoas num centro comercial em Sydney, na Austrália. O atacante foi abatido pelas autoridades.

O ataque à faca ocorreu no centro comercial Westfield, em Bondi Junction, em Sydney, que foi encerrado, tendo a polícia australiana aconselhado as pessoas a evitarem a zona.

O comissário adjunto da polícia, Anthony Cooke, confirmou, em conferência de imprensa, que oito pessoas ficaram feridas e seis morreram, incluindo o atacante. Entretanto, o número de vítimas mortais aumentou para sete.

Ao que noticia o The Guardian, a sétima vítima mortal é a mãe do bebé de nove meses, que sucumbiu aos ferimentos no hospital. A criança também ficou ferida.

Cooke confirmou ainda que o agressor foi morto a tiro por um agente da polícia que se encontrava nas proximidades. "Disparou uma arma de fogo e essa pessoa está agora morta", frisou.

"A partir de investigações preliminares", o comissário adjunto da polícia deu conta que ainda que "parece que a pessoa agiu sozinha". "Estou satisfeito por não haver ameaça contínua", acrescentou.

Sobre o motivo que levou ao ataque, Cooke referiu que "não há nada que possa indicar qualquer motivo ou qualquer ideologia". No entanto, após ser questionado por um repórter se a polícia estava a descartar a hipótese de terrorismo, respondeu: "Não estamos a descartar nada".

Após o incidente, centenas de pessoas foram retiradas do centro comercial, embora algumas tenham ficado presas, revela a emissora estatal ABC.

O alerta para o incidente foi dado pouco antes das 16h00 (7h00 em Lisboa).

O primeiro-ministro australiano, Anthony Albanese, já reagiu aos "acontecimentos devastadores ocorridos em Bondi Junction", na rede social X.

"Tragicamente, foram registadas várias vítimas e os primeiros pensamentos de todos os australianos estão com as pessoas afetadas e os seus entes queridos", lê-se na nota.

Imagens partilhadas nas redes sociais mostram o aparato junto e dentro do centro comercial.

[Notícia atualizada às 12h35]

Leia Também: Para além de "real", ameaça iraniana deverá realizar-se "mais cedo"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório