Meteorologia

  • 25 MAIO 2024
Tempo
22º
MIN 13º MÁX 25º

"Não é um animal". Banido estafeta da Uber que fez entregas a cavalo

De acordo com alguns internautas, tudo poderá ser apenas uma 'brincadeira' do alegado estafeta.

"Não é um animal". Banido estafeta da Uber que fez entregas a cavalo
Notícias ao Minuto

20:15 - 12/04/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Austrália

Stanley Chen, o jovem que se tornou viral por fazer entregas da Uber Eats a cavalo, ficou proibido de trabalhar na plataforma. O insólito aconteceu em Sydney, na Austrália, e foi partilhado na rede social TikTok na quarta-feira. Um dia depois, o estafeta anunciou que foi banido.

"Vejam o que acabou de acontecer, fui banido. Fui banido. Não posso acreditar", afirmou no TikTok, mostrando um e-mail que recebeu da Uber Eats.

"Recentemente, recebemos um feedback preocupante de que estaria a entregar entregas em animais", lê-se no e-mail, que acrescenta que o seu acesso à plataforma ficará "bloqueado temporariamente". 

O jovem ripostou no vídeo e defendeu que o seu cavalo - que afinal é uma égua - "não é um animal".

"Leilani não é um animal, ela é uma rainha. Não acredito que a tenham banido", afirmou.

"Se quiserem ver-me a mim e à Leilani a fazer mais entregas com a Uber, enviem uma mensagem e digam-lhes para me desbloquearem", apelou.

@stanym22 #stitch with @jessielouiset Cant believe uber banned me #justiceforlaylani original sound - stanley chen

Até ao momento, a empresa não comentou o sucedido e, de acordo com alguns internautas, tudo poderá ser apenas uma 'brincadeira' de Stanley Chen, que conta com milhares de seguidores nas redes sociais. 

Leia Também: Estafeta da Uber Eats faz entregas... a cavalo. Eis o momento

Recomendados para si

;
Campo obrigatório