Meteorologia

  • 25 JUNHO 2024
Tempo
22º
MIN 17º MÁX 23º

Comissária apela a coragem do PE para aprovar novo pacto migratório da UE

A comissária europeia para os Assuntos Internos, Ylva Johansson apelou hoje num debate no Parlamento Europeu (PE) à coragem dos eurodeputados para a aprovação do pacto migratório, alertando que "se o voto falhar, falhamos todos".

Comissária apela a coragem do PE para aprovar novo pacto migratório da UE
Notícias ao Minuto

14:33 - 10/04/24 por Lusa

Mundo Parlamento Europeu

"Espero que haja coragem hoje no voto", referiu a comissária, depois de ter elogiado os correlatores do texto hoje a votos no PE pelo "difícil trabalho" para chegar a um compromisso, intervindo num debate com os eurodeputados sobre o pacto migratório, que é hoje votado na eurocâmara.

O novo Pacto em matéria de Migração e Asilo ajuda "a proteger as pessoas e as forneiras", referiu ainda, acrescentando que a abordagem abrangente do problema das migrações prevê, pela primeira vez, um mecanismo de solidariedade obrigatória entre os Estados-membros.

O Partido Popular Europeu (PPE), dos socialistas (S&D) e dos liberais (Renova a Europa) aprovam oficialmente o texto, que é contestado de muitos deputados conservadores do ECR e as críticas do Identidade e Democracia (extrema-direita), Verdes e Esquerda, uns por considerarem que vai longe demais nos direitos dos migrantes e outros nos dos Estados-membros para travar entradas.

O pacto inclui um maior controlo das chegadas migratórias à União Europeia, transferências mais rápidas dos que não têm direito a asilo e um mecanismo de solidariedade obrigatório em benefício dos Estados-membros sob maior pressão migratória.

Se o texto for aprovado, o mecanismo de solidariedade só estará totalmente em vigor em 2026 e até lá, a participação é voluntária.

Leia Também: Bruxelas vê como "enorme desafio" movimentos migratórios secundários

Recomendados para si

;
Campo obrigatório