Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 24º

Durante 16 anos, casal viveu na Disneyland sem que ninguém desse conta

Aconteceu entre 1955 e 1971.

Durante 16 anos, casal viveu na Disneyland sem que ninguém desse conta
Notícias ao Minuto

11:10 - 04/04/24 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Visitar a Disneyland é o sonho de qualquer pessoa, seja ela criança, adulto ou idoso. Mas e se pudesse viver neste local mágico, onde todos os sonhos se tornam realidade?

Owen e Dolly Pope, um casal norte-americano, viveu esse sonho entre 1955 e 1971.

Os dois eram especialistas em cavalos e foi durante um espetáculo com estes animais que os responsáveis pelo parque de diversões decidiram contratar o casal - que ficou responsável pelo 'Pony Farm', a parte equestre da Disneyland.

Com essa missão, os dois viveram numa pequena casa em Frontierland, uma parte do parque dedicado ao 'Oeste Selvagem', e que é restrito à maioria dos visitantes.

Entre as tarefas que tiveram de realizar durante a sua estadia no parque temático contavam-se a criação, o tratamento e o treino dos equídeos, bem como a construção de carroças e carruagens.

No início da sua estadia na Disneylândia, Owen e Dolly Pope foram obrigados a viver numa caravana perto dos animais, mas mais tarde mudaram-se para uma elegante casa branca e verde de 120 m² situada atrás do rancho e aberta ao público. Nunca nenhum dos visitantes se terá dado conta de que a casa era habitada, à excepção dos responsáveis da Disneyland que estavam devidamente informados sobre a situação.

Tanto Owen como a companheira tornaram-se os únicos residentes da Disneylândia e trabalharam no parque durante 16 anos. Em 1971, mudaram-se da Califórnia para a Florida para trabalhar no novo parque, dando início ao Tri Circle D. Ranch.

O casal reformou-se em 1975 e a casa da California, onde viveram durante anos, foi demolida para que ali nascesse a nova atração inspirada na Saga 'Star Wars'.

Leia Também: Cantora Ciara diverte-se com o filho na Disneyland

Recomendados para si

;
Campo obrigatório