Meteorologia

  • 16 ABRIL 2024
Tempo
23º
MIN 13º MÁX 26º

Homem declara-se culpado de roubar sanita de ouro de palácio inglês

Sanita de ouro de 18 quilates foi roubada do Palácio de Blenheim, localizado em Woodstock, Oxfordshire, Inglaterra, onde nasceu Winston Churchill.

Homem declara-se culpado de roubar sanita de ouro de palácio inglês
Notícias ao Minuto

23:42 - 03/04/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Winston Churchill

James Sheen, de 39 anos, declarou-se culpado, na terça-feira, de ter roubado de uma sanita de ouro, de 18 quilates, do Palácio de Blenheim, onde nasceu o antigo primeiro-ministro britânico Winston Churchill.

O homem, natural de Wellingborough, em Northamptonshire, declarou-se culpado de roubo, conversão ou transferência de propriedade criminosa e conspiração, escreve a BBC.

Recorde-se que a sanita, avaliada em cerca de 5,6 milhões de euros, foi roubada a 14 de setembro de 2019, e integrava uma exposição de arte na casa senhorial inglesa onde nasceu Churchill.

James Sheen apresentou-se ao Tribunal da Coroa de Oxford por videoconferência, estando já a cumprir uma pena de 17 anos de prisão por inúmeros furtos, nomeadamente tratores e troféus de alto valor do Museu Nacional de Corridas de Cavalos em Newmarket.

A sanita - que é totalmente funcional - chama-se 'América' e foi instalada no Palácio de Blenheim em 2019, no âmbito de uma exposição do artista italiano Maurizio Cattelan.

Além do roubo, a obra tinha sido ligada à canalização do edifício e, por isso, registaram-se inundações. 

Três outros homens foram acusados de ligação ao roubo da sanita em novembro, mas declararam-se inocentes. Michael Jones, de 38 anos, é acusado de roubo, enquanto Frederick Sines, de 35 anos e Bora Guccuk, de 40 são ambos acusados de conspirar para transferir propriedade criminosa.

Os homens deverão ser julgados em fevereiro.

Leia Também: Camião que transportava salmões despista-se e 'despeja' animais em riacho

Recomendados para si

;
Campo obrigatório