Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 29º

Rússia detém ativista dissidente Skobov por acusações de terrorismo

As autoridades russas detiveram hoje em São Petersburgo Alexander Skobov, dissidente soviético e membro do Fórum Rússia Livre, uma plataforma opositora fundada pelo antigo campeão mundial russo de xadrez Garry Kasparov, por acusações de terrorismo.

Rússia detém ativista dissidente Skobov por acusações de terrorismo
Notícias ao Minuto

18:41 - 03/04/24 por Lusa

Mundo Rússia

Skobov, de 66 anos, foi detido ao abrigo do artigo 205.º do Código Penal russo por "justificar o terrorismo", após ter divulgado várias publicações na rede social Telegram sobre o atentado terrorista na sala de concertos Crocus City Hall em Moscovo, ocorrido em 22 de março e reivindicado pelo Estado Islâmico em Khorasan, uma filial do Estado Islâmico que opera na Ásia Central.

"Expressamos o nosso enérgico protesto contra esta detenção arbitrária. Declaramos o nosso pleno apoio ao nosso camarada, exigimos a sua libertação imediata e apelamos à sociedade russa para mostrar solidariedade com outro novo prisioneiro político", defendeu o Fórum Rússia Livre num comunicado publicado na rede social Facebook.

A Comissão de Investigação da Rússia abriu um processo penal contra o dissidente, que foi detido durante uma visita à casa do ativista de Direitos Humanos Yuli Rybakov.

Skobov tem sido abertamente contra a guerra na Ucrânia nas suas redes sociais e em várias entrevistas.

Em 22 de março, as autoridades russas adicionaram o dissidente soviético à lista de "agentes estrangeiros" (designação que impõe pesadas restrições às pessoas ou entidades assim identificadas) devido à sua oposição à invasão da Ucrânia.

Leia Também: Israel. Familiares de reféns invadem parlamento para recordar detidos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório