Meteorologia

  • 17 ABRIL 2024
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 28º

Embaixador da Colômbia regressa à Argentina após crise diplomática

O embaixador da Colômbia anunciou que vai regressar a Buenos Aires no sábado, encerrando assim uma crise diplomática causada por insultos do Presidente argentino, Javier Milei, ao homólogo colombiano, Gustavo Petro.

Embaixador da Colômbia regressa à Argentina após crise diplomática
Notícias ao Minuto

07:17 - 03/04/24 por Lusa

Mundo Argentina

Camilo Romero, que foi chamado a Bogotá para consultas em janeiro, reuniu-se na terça-feira com o ministro dos Negócios Estrangeiros colombiano, Luis Gilberto Murillo, e no final do encontro anunciou o regresso à capital argentina.

"Continuamos com a tarefa de construir um novo momento nas relações com a Argentina", disse o embaixador, na rede social X (antigo Twitter).

Romero disse que os dois países estão também a trabalhar para coordenar a visita à Colômbia da ministra dos Negócios Estrangeiros argentina, Diana Mondino, anunciada no domingo, num comunicado conjunto.

"Trata-se, apesar das diferenças válidas, de virar a página para o bem dos cidadãos e continuar a fortalecer uma história comum de 201 anos como povos irmãos", acrescentou o diplomata.

O Governo da Colômbia ordenou, a 27 de março, a expulsão de diplomatas da embaixada da Argentina em Bogotá, algo que acabou por não se concretizar.

Isto depois de, numa entrevista concedida ao canal em espanhol da estação televisiva norte-americana CNN, o ultraliberal Milei ter chamado "assassino terrorista" a Petro, político de esquerda, que pertenceu ao movimento guerrilheiro M-19 quando era jovem.

Leia Também: Colômbia ordena expulsão de diplomatas argentinos após ofensas de Milei

Recomendados para si

;
Campo obrigatório