Meteorologia

  • 21 MAIO 2024
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 20º

Onze estudantes mortos e 42 feridos em acidente rodoviário no Quénia

Um grupo de 11 estudantes universitários do Quénia morreram e 42 ficaram gravemente feridos, na segunda-feira, na sequência de uma colisão entre o autocarro em que seguiam e um camião no sudeste do país.

Onze estudantes mortos e 42 feridos em acidente rodoviário no Quénia
Notícias ao Minuto

08:40 - 19/03/24 por Lusa

Mundo Quénia

A colisão ocorreu pouco antes das 18:00 locais (15:00 de segunda-feira em Lisboa) perto da aldeia de Maungu, a 360 quilómetros de Nairobi, na principal estrada que liga a capital à segunda cidade do país, Mombaça, na costa queniana.

O autocarro que transportava estudantes da Universidade Kenyatta, que viajava em direção a Mombaça, "estava a ultrapassar uma fila de veículos quando chovia muito, indica um relatório policial consultado hoje pela Agência France Presse.

Um camião de mercadorias que vinha em sentido contrário conseguiu "evitar o choque frontal", mas "colidiu com o lado esquerdo do autocarro universitário".

"Como resultado do impacto, 10 estudantes morreram instantaneamente" e um outro morreu à chegada ao hospital, disse a polícia.

Os 42 feridos foram transportados para o hospital da cidade vizinha de Voi, informou hoje a Cruz Vermelha queniana através das redes sociais.

Segundo a polícia, o autocarro transportava um total de 58 pessoas: 55 estudantes, um técnico de laboratório e dois motoristas.

Os acidentes rodoviários graves no Quénia são frequentes.

De acordo com a Autoridade Nacional de Transportes e Segurança (NTSA), 4.324 pessoas morreram e 18.561 ficaram feridas nas estradas do Quénia em 2023, menos 7,8% do que no ano anterior em que se registaram 4.690 mortos.

O início de 2024 foi particularmente grave, com 563 mortos entre 01 de janeiro e 11 de fevereiro, mais 5% do que no mesmo período do ano passado.

A 11 de fevereiro, o recordista mundial da maratona, Kelvin Kiptum, de 24 anos, morreu num acidente rodoviário na região oeste do Quénia.

Leia Também: Estudo da OMS mostra benefícios do tratamento preventivo da tuberculose

Recomendados para si

;
Campo obrigatório