Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

'Zona tampão' russa? "Declaração direta de que guerra irá intensificar"

As declarações do conselheiro presidencial ucraniano Mykhailo Podolyak acontecem após Putin ter levantado a possibilidade de criar uma 'zona tampão' durante um discurso após vencer a reeleição no domingo

'Zona tampão' russa? "Declaração direta de que guerra irá intensificar"
Notícias ao Minuto

14:49 - 18/03/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Mykhailo Podolyak

O conselheiro presidencial ucraniano Mykhailo Podolyak afirmou, esta segunda-feira, que a ideia do presidente russo, Vladimir Putin, de criar uma 'zona tampão' dentro do território ucraniano é uma indicação clara de que Moscovo planeia intensificar a guerra na Ucrânia.

"Esta é... uma manifesta declaração direta de que a guerra só irá intensificar", começou por destacar Podolyak, em comunicado enviado à Reuters por escrito.

Segundo o assessor presidencial, "isto é uma prova direta de que a Federação Russa não está preparada para viver em relações sociais e políticas modernas, tendo em conta os direitos soberanos absolutos de outros países".

Putin levantou a possibilidade de criar uma 'zona tampão' durante um discurso após vencer a reeleição no domingo, uma medida que o Kremlin disse que seria a única maneira de proteger a Rússia dos ataques ucranianos.

De notar que depois de vencer as eleições presidenciais na Rússia, Putin esclareceu que não a criação da 'zona tampão' não foi descartada. "Não excluo que, tendo em conta os trágicos acontecimentos que ocorrem, seremos forçados em algum momento, quando considerarmos apropriado, a criar a 'zona tampão' nos territórios hoje sob o regime de Kyiv", frisou o líder russo, citado por aquela agência noticiosa.

Putin recusou-se a dar mais detalhes, mas destacou que a zona poderia ser grande o suficiente para impedir que armas de fabrico estrangeiro atinjam o território russo.

Por sua vez, a Ucrânia já destacou que só usa as suas próprias armas para atingir o território russo, isto porque alguns dos seus principais aliados, como os EUA, forneceram armas com a condição de que não fossem utilizadas na Rússia.

Leia Também: "Importante é que Crimeia é uma parte inalienável da Federação Russa"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório