Meteorologia

  • 20 ABRIL 2024
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 22º

Partilhou informações confidenciais sobre a guerra em site de encontros

David Franklin Slater, de 63 anos, é funcionário civil da Força Aérea dos EUA.

Partilhou informações confidenciais sobre a guerra em site de encontros
Notícias ao Minuto

23:47 - 04/03/24 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Um funcionário civil da Força Aérea dos EUA foi acusado, no tribunal federal do Nebraska, de transmitir informações confidenciais sobre a guerra na Ucrânia numa plataforma de encontros online.

Ao que informou o Departamento de Justiça, esta segunda-feira, citado pela Associated Press, David Franklin Slater, de 63 anos, que tinha sido designado para o Comando Estratégico dos EUA na Base da Força Aérea de Offutt após ter-se aposentado do cargo de tenente-coronel do exército, foi detido no sábado.

Slater terá participado em 'briefings' entre fevereiro e abril de 2022 sobre a guerra na Ucrânia e, apesar de ter assinado papéis nos quais se comprometia a não divulgar informações confidenciais, partilhou detalhes sobre alvos militares e capacidades russas numa plataforma de mensagens online com um co-conspirador que alegou ser uma mulher que vivia na Ucrânia.

De acordo com a acusação, o alegado co-conspirador, que não foi identificado pelos procuradores, pediu repetidamente informações a Slater e descreveu-o como "o meu amor secreto de informador".

A primeira ida a tribunal de Slater está prevista para terça-feira. Em causa está a acusação de divulgar ilegalmente informações de defesa nacional e conspiração.

Leia Também: Trump diz que só os eleitores o podem retirar dos boletins de voto

Recomendados para si

;
Campo obrigatório