Meteorologia

  • 20 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 23º

Ex-diretor financeiro de Trump declara-se culpado por perjúrio

O ex-diretor financeiro da Organização Trump, Allen Weisselberg, confessou-se hoje culpado de mentir num comunicado e durante o seu depoimento no julgamento de fraude contra o ex-presidente dos EUA.

Ex-diretor financeiro de Trump declara-se culpado por perjúrio
Notícias ao Minuto

18:20 - 04/03/24 por Lusa

Mundo EUA

O executivo de 76 anos admitiu ter mentido em duas ocasiões e pode ser condenado a cinco meses de prisão, quando for ditada sentença em 10 de abril.

O primeiro alegado crime de Weisselberg aconteceu durante um depoimento antes do julgamento ordenado pelo tribunal, que foi prestado sob juramento perante o gabinete do procurador-geral de Nova Iorque; o segundo alegado crime aconteceu no depoimento no julgamento civil em que Trump responde por acusação de fraude, em 10 de outubro de 2023.

Weisselberg trabalhou durante meio século para a família Trump e, em 2022, já se tinha confessado culpado de 15 crimes de fraude fiscal - após um acordo com as autoridades - por gerir um complexo esquema na Organização Trump, após o qual cumpriu pena de cerca de três meses de prisão.

O ex-funcionário de Trump não falou com os jornalistas quando abandonou o Tribunal Criminal de Manhattan hoje, mas o seu advogado disse mais tarde que o seu cliente "espera resolver esta situação".

Weisselberg foi uma testemunha importante em três dos quatro processos judiciais contra Trump e pode ser fundamental no julgamento criminal do ex-presidente em Nova Iorque, que começa no final deste mês.

Weisselberg trabalhou primeiro para o pai do ex-Presidente, Fred Trump, e depois para Donald desde 1986, ajudando-o a expandir a sua empresa para além da sede em Nova Iorque.

Leia Também: Equipa de Sinéad O'Connor pede a Trump que pare de usar a sua música

Recomendados para si

;
Campo obrigatório