Meteorologia

  • 16 ABRIL 2024
Tempo
22º
MIN 13º MÁX 26º

“Quero ser um exemplo". Quebra recorde ao viver 40 anos transplantado

Bert Janssen foi diagnosticado há quatro décadas com um problema cardíaco grave. Recebeu um transplante de coração quando tinha 17 anos.

“Quero ser um exemplo". Quebra recorde ao viver 40 anos transplantado
Notícias ao Minuto

11:51 - 04/03/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Transplante

Um homem estabeleceu o Record Mundial do Guinness como o paciente transplantado que mais tempo viveu. Bert Janssen foi diagnosticado há quatro décadas com um problema cardíaco grave, tendo-lhe sido dado apenas seis meses de vida. 

“Quero ser um exemplo para as pessoas”, afirmou à Reuters o holandês. O homem tinha 17 anos quando recebeu o diagnóstico de cardiomiopatia, uma doença do músculo cardíaco que dificulta a tarefa do coração de bombear o sangue pelo corpo. 

Em 1984, os Países Baixos ainda não tinham realizado qualquer transplante de coração, pelo que o jovem foi encaminhado para um hospital de Inglaterra. Bert foi submetido a um transplante de coração em junho de 1984, depois de o órgão ter sido doado após um acidente de carro que vitimou dois jovens.

“Considero esse dia mais importante do que o meu aniversário”, disse Janssen, atualmente com 57 anos. O homem é casado e pai de dois filhos. Embora seja saudável, a medicação que toma para o coração causa efeitos colaterais, pelo que Bert teve de abrandar o ritmo de vida. 

"Ainda faço mais ou menos o que quero, mas a um ritmo diferente”, disse. 

A expectativa média de vida de pacientes cardíacos após um transplante é de 16 anos, segundo o cardiologista da Janssen, Casper Eurlings. O Guinness World Records reconheceu oficialmente a conquista de Bert de viver 39 anos e 100 dias após ser transplantado.

Leia Também: Curry Cabral faz primeiro transplante hepático com robótica na Europa

Recomendados para si

;
Campo obrigatório