Meteorologia

  • 18 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 25º

Socialistas da UE dão 'pontapé de saída' na corrida à Comissão Europeia

Os socialistas da União Europeia (UE), incluindo Olaf Scholz, António Costa e Pedro Sánchez, decidem hoje, em Roma, a nomeação de Nicolas Schmit para candidato à presidência da Comissão Europeia na próxima legislatura.

Socialistas da UE dão 'pontapé de saída' na corrida à Comissão Europeia
Notícias ao Minuto

06:57 - 02/03/24 por Lusa

Mundo Comissão Europeia

Com Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia em exercício, já na corrida, os socialistas organizaram um congresso na capital italiana para escolher o luxemburguês Nicolas Schmit, que é o comissário para o Emprego e Direitos Sociais, como candidato do Partido Socialista Europeu (PES).

O primeiro-ministro demissionário e antigo secretário-geral do PS, António Costa, vai intervir pouco depois da cerimónia de abertura do congresso, prevista para perto das 09:00 locais (08:00 em Lisboa).

Participam ainda os primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez (que é também secretário-geral do PSOE), e os homólogos da Alemanha, Olaf Scholz, e da Dinamarca, Mette Frederiksen.

O presidente do PES e antigo primeiro-ministro da Suécia, Stefan Löfven, e a presidente dos Socialistas & Democratas no PE, Iratxe García Pérez, também estão presentes no congresso de Roma.

Schmit anunciou em janeiro que queria ser o candidato da família política de que também faz parte o PS nas eleições europeias de junho, que decidirão não só a composição do Parlamento Europeu na próxima legislatura, mas também a do executivo comunitário.

A Comissão Europeia é hoje encabeçada por von der Leyen, do Partido Popular Europeu (PPE), e que previsivelmente vai ser a "Spitzenkandidaten" daquele grupo político, a que pertencem PSD e CDS-PP.

Leia Também: Costa entra hoje na campanha com presença no comício do Porto do PS

Recomendados para si

;
Campo obrigatório