Meteorologia

  • 12 ABRIL 2024
Tempo
26º
MIN 15º MÁX 27º

Christian B. voltou a tribunal. As imagens e o que se disse

O alemão está a ser julgado por três crimes de violação e dois de abuso sexual de crianças, cometidos em Portugal.

Notícias ao Minuto

21:30 - 01/03/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Alemanha

Continuou a decorrer, esta sexta-feira, o julgamento daquele que é apontado como o principal suspeito do desaparecimento de Madeleine McCann, Christian Brückner, em Braunschweig, na Alemanha. O alemão é acusado três crimes de violação e dois de abuso sexual de crianças, cometidos em Portugal.

De notar que a acusação alega que os factos ocorreram em Portugal entre 2000 e 2017 e não estão relacionados com o desaparecimento da criança britânica Madeleine em 2007.

Hoje, no terceiro dia do julgamento, o tribunal de Braunschweig ouviu a testemunha principal Manfred Seyferth, que afirmou ter descoberto vídeos do arguido, de 47 anos, a abusar sexualmente de duas pessoas, escreve a Sky News.

A mulher, de 68 anos, disse que conheceu Christian quando ficou sem combustível durante uma viagem por Portugal. Numa ida a casa do alemão, com um amigo, identificado como Helge Busching, disse que encontrou diversos artigos, nomeadamente uma pistola e uma câmara de vídeo, cujas imagens mostravam uma mulher mais velha e uma jovem, de cerca de 16 anos, que estava amarrada a um pilar na sua casa, a serem agredidas sexualmente.

Seyferth disse que tinha dito a Busching para deitar a câmara fora, mas, sem que soubesse, o amigo ficou com ela e telefonou mais tarde para a Polícia Metropolitana de Londres e as autoridades alemãs interrogaram Seyferth durante três dias em Atenas. 

A mulher terá afirmado, repetidamente, que não se recordava de pormenores cruciais e o seu testemunho também divergiu das declarações prestadas num julgamento em 2019, no qual Christian foi condenado por violação.

Por sua vez, Christian não mostrou qualquer emoção em tribunal. Vestiu o mesmo casaco azul, amarrotado e com remendos nos cotovelos, que usava desde o início do julgamento. (Pode ver as imagens na fotogaleria acima)

Segundo a imprensa alemã, Brückner, é acusado de ter violado uma jovem irlandesa com ameaça de uma faca e outras duas mulheres não identificadas e de se ter masturbado em frente a uma menina de dez anos numa praia e em frente a várias crianças num parque infantil. 

Caso venha a ser condenado, enfrenta uma pena de prisão de entre cinco a 15 anos.

Recorde-se que o alemão já está a cumprir uma pena de sete anos de prisão na Alemanha por uma violação que cometeu em Portugal em 2005 e é o principal suspeito no caso de Madeleine McCann. 

Leia Também: Brückner trabalhou em restaurante onde pais de Maddie estavam a jantar

Recomendados para si

;
Campo obrigatório