Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 24º

Presidente do México inaugura troço de comboio ainda em construção

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, inaugurou um troço do comboio turístico 'Tren Maya', ainda a ser construído e sem data prevista para o início das operações.

Presidente do México inaugura troço de comboio ainda em construção
Notícias ao Minuto

07:07 - 01/03/24 por Lusa

Mundo México

López Obrador inaugurou oficialmente, na quinta-feira, as estações de Puerto Morelos e Playa del Carmen, localizadas no troço conhecido como "5 norte", que vai ligar as zonas turísticas de Cancún e Playa del Cármen.

O chefe do Governo anunciou, numa conferência de imprensa em Cancún, acompanhado pelos governadores de três estados do sudeste do México, que o comboio ia começar a circular às 06:00 (11:00 em Lisboa).

No entanto, de acordo com a agência de notícias EFE, a estação de Playa del Cármen permanecia encerrada e os trabalhadores no local disseram apenas que a construção ainda decorre.

López Obrador criticou as organizações da sociedade civil e de proteção do ambiente que mantém uma batalha jurídica contra o projeto.

O Presidente mexicano optou por viajar de helicóptero até Cancún, não passando pela área onde grupos ambientalistas protestavam contra a falta de estudos ambientais e a classificação do comboio turístico como um projeto de "segurança nacional", desafiando uma decisão judicial que tinha ordenado a paralisação das obras.

López Obrador inaugurou o primeiro troço do "Tren Maya", entre Campeche e Cancún, em 15 de dezembro.

O comboio turístico vai ter uma extensão de mais de 1.500 quilómetros e vai atravessar a região conhecida como Rivieira Maya, que atrai milhões de visitantes todos os anos.

Além dos processos judiciais, a construção do "Tren Maya" tem também sido atrasada devido a alterações ao percurso e à descoberta de vestígios arqueológicos, de poços subterrâneos de água doce e de rios subaquáticos.

Em maio de 2022, um juiz suspendeu o projeto, na sequência de vários recursos de organizações não-governamentais, que acusaram a ligação de violar normas ambientais.

Os trabalhos foram retomados em 13 de julho de 2022, depois de López Obrador ter classificado os grandes projetos de infraestruturas públicas como questões de "segurança nacional".

Em 11 de maio de 2023, o Supremo Tribunal de Justiça mexicano declarou inconstitucional a decisão do Presidente, por violar o direito dos cidadãos à informação sobre os projetos.

Mas horas mais tarde, o Governo voltou a classificar o "Tren Maya" como um projeto de "segurança nacional", desafiando a decisão judicial.

López Obrador disse querer inaugurar o comboio turístico, no sudeste do México, antes do fim do mandato, esta ano.

O conglomerado português Mota-Engil, em parceria com a China Communications Construction, está encarregue a construção do segmento A, com 27 quilómetros entre Tulum e Akumal, que faz parte do troço conhecido como "5 sul".

Esta obra representa um contrato no valor de cerca de 636 milhões de euros, disse a Mota-Engil em abril de 2020.

Leia Também: Presidente mexicano revela número de jornalista durante conferência

Recomendados para si

;
Campo obrigatório