Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 24º

Etiópia liberta jornalista francês que estava detido há uma semana

O jornalista francês Antoine Galindo, detido desde há uma semana na Etiópia, foi libertado na quinta-feira e está em viagem para França, anunciou o seu empregador, a publicação especializada Africa Intelligence.

Etiópia liberta jornalista francês que estava detido há uma semana
Notícias ao Minuto

07:13 - 01/03/24 por Lusa

Mundo Jornalista

"Estou bem. Estou com saúde" e "fui muito bem tratado", apesar de condições de detenção difíceis, disse Galindo a um jornalista da AFP antes da sua viagem.

"Antoine Galindo foi libertado em 29 de fevereiro, depois de uma semana de detenção e pode sair de Addis Abeba, para se dirigir a Paris", declarou à AFP Paul Deutschmann, chefe da redação da Africa Intelligence.

Galindo foi detido em 22 de fevereiro, quando estava em um hotel no centro de Addis Abeba, juntamente com um dirigente da rente de Libertação Oromo, partido da oposição legalmente registado, com quem tinha um encontro. Este dirigente continua detido.

No dia seguinte compareceu perante um juiz, que ordenou a sua manutenção em prisão. Na audiência, a polícia indicou que suspeitava que ele estivesse "a conspirar para criar o caos" na Etiópia.

A Africa Intelligence classificou estas acusações como "falaciosas", que "não se baseiam em qualquer elemento tangível", e considerou a detenção como "injustificada".

Galindo tinha chegado à Etiópia, em 13 de fevereiro, para cobrir a cimeira da União Africana (UA), em Addis Abeba, sede da organização pan-africana, que lhe tido atribuído uma acreditação.

Na quarta-feira, Selamawit Kassa, secretária de Estado da Comunicação etíope, indicaram que o jornalista tinha sido detido por ter excedido a sua acreditação, que, argumentou, apenas o autorizava a cobrir a cimeira da UA, e por ter obtido ilegalmente "informações sobre questões políticas internas" da Etiópia.

A detenção de Galindo também suscitou críticas severas do Comité para a Proteção dos Jornalistas e dos Repórteres sem Fronteiras.

Leia Também: Católica lança campanha de angariação de fundos para novo 'campus'

Recomendados para si

;
Campo obrigatório