Meteorologia

  • 21 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 26º

"Joe Biden deve fazer um teste cognitivo", diz Donald Trump

Na quarta-feira, o chefe de Estado dos EUA, de 81 anos, foi submetido a um exame anual, mas não foi submetido a um teste cognitivo.

"Joe Biden deve fazer um teste cognitivo", diz Donald Trump
Notícias ao Minuto

18:33 - 29/02/24 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Donald Trump defendeu, esta quinta-feira, que Joe Biden deve fazer "um teste cognitivo". 

O republicano recorreu à sua rede social, a Truth, para criticar o atual presidente norte-americano e desafiá-lo, referindo que o próprio já se havia destacado neste tipo de exame. 

"O corrupto Joe Biden deve fazer um teste cognitivo. Talvez assim pudéssemos descobrir porque é que ele toma decisões tão terríveis", escreveu o ex-presidente norte-americano, de 77 anos, desafiando assim o democrata, que é quatro anos mais velho.

"Eu fiz dois testes e passei com nota máxima em ambos (sem erros!). Todos os presidentes, ou pessoas que queiram tornar-se presidentes, deveriam obrigatoriamente fazer este teste", defendeu. 

De notar que, num ano em que se aproximam as presidenciais norte-americana, a ala republicana tem aproveitado para para questionar a saúde de Biden, nomeadamente o estado da sua memória. Além disso, as sondagens indicam que parte importante do eleitorado acha que, aos 81 anos, está demasiado velho para um segundo mandato.

Na quarta-feira, o chefe de Estado dos EUA, de 81 anos, foi submetido a um exame anual e os resultados foram divulgados, tendo os médicos declarado que Biden continua "apto para o serviço" e não teve alterações notáveis na sua saúde durante o último ano.

Os médicos realizaram um exame neurológico que não encontrou sinais de Acidente Vascular Cerebral, esclerose múltipla ou doença de Parkinson. Contudo, a Casa Branca disse que Biden não foi submetido a um teste cognitivo porque os médicos determinaram que não era necessário.

"Ele passa por um teste cognitivo todos os dias, à medida que passa de um tópico para outro", disse a porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre.

Leia Também: Biden recua sobre cessar-fogo em Gaza. "Não acontecerá" até segunda

Recomendados para si

;
Campo obrigatório