Meteorologia

  • 20 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 23º

Ucrânia. Enviar tropas é responsabilidade "dos Estados-membros", diz CE

A Comissão Europeia salientou hoje que é da responsabilidade de cada país da União Europeia (UE) decidir enviar militares para a Ucrânia, para ajudar a repelir a invasão russa.

Ucrânia. Enviar tropas é responsabilidade "dos Estados-membros", diz CE
Notícias ao Minuto

12:36 - 27/02/24 por Lusa

Mundo Guerra na Ucrânia

Questionado sobre as declarações do primeiro-ministro da Eslováquia, o porta-voz da Comissão para a Política de Segurança, Peter Stano, disse "estar ciente das declarações públicas" dos representantes dos Estados-membros, nomeadamente a vontade de "enviar militares"

"Mas isto não foi discutido ao nível da UE. O momento é de uma discussão pluralista, entre os Estados-membros [...], mas a maneira de fazer contribuições para a Ucrânia é uma prerrogativa soberana dos Estados-membros", recordou Peter Stano.

O assunto surgiu na segunda-feira pela voz do primeiro-ministro eslovaco, Robert Fico: "Vários Estados-membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte [NATO] e da UE pretendem enviar soldados para o território da Ucrânia".

Robert Fico, considerado um eurocético, acrescentou que sabia o que é que os militares dos países da União Europeia e da NATO iam fazer para a Ucrânia, mas recusou revelar, apelidando a reunião convocada pelo Presidente francês, Emanuel Macron, em Paris, de uma "reunião de combate", sem qualquer discussão de um plano de paz.

Leia Também: Envio de tropas para Ucrânia? "Não seria do interesse do Ocidente"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório