Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 28º

Não houve "má intenção" em caso de internamentos de Austin, diz Pentágono

Conhecidos os resultados da investigação interna do Pentágono ao segredo em torno das hospitalizações do secretário da Defesa dos Estados Unidos.

Não houve "má intenção" em caso de internamentos de Austin, diz Pentágono
Notícias ao Minuto

20:02 - 26/02/24 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

O Pentágono concluiu que não houve "má intenção ou tentativa de ocultar" as hospitalizações do secretário da Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, avança, esta segunda-feira, a imprensa norte-americana. 

Recorde-se que em causa está uma investigação interna, liderada pelo inspetor-geral do Departamento, Robert Storch, devido à falta de comunicação entre gabinetes.

A investigação, de acordo com a ABC News, concluiu ainda que as preocupações com a privacidade médica e uma situação em rápida mudança foram as principais causas das hospitalizações terem sido mantidas em segredo. 

De notar que este relatório não deverá satisfazer muitos membros do Congresso. Austin depõe na quinta-feira perante o Comité de Serviços Armados da Câmara.

De recordar que as hospitalizações de Austin estiveram envoltas em polémica. Para além de o caso ser desconhecido do grande público, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, só ficou a saber do internamento alguns dias depois. 

O secretário de Defesa, de 70 anos, está imediatamente atrás do presidente Joe Biden na cadeia de comando militar dos EUA e desempenha um papel central nos numerosos teatros de guerra em que os Estados Unidos estão envolvidos em todo o mundo, incluindo o conflito entre Israel e o grupo islamita Hamas, os ataques contra os Hutis no Mar Vermelho ou a guerra na Ucrânia.

Leia Também: Biden viajará até fronteira dos EUA com México para reunir com polícias

Recomendados para si

;
Campo obrigatório