Meteorologia

  • 18 ABRIL 2024
Tempo
26º
MIN 16º MÁX 26º

Mulher pede indemnização por incapacidade. Fotografia em jornal tramou-a

Juíza achou que fotografia publicada em jornal foi suficiente para tomar a sua decisão.

Mulher pede indemnização por incapacidade. Fotografia em jornal tramou-a
Notícias ao Minuto

10:20 - 26/02/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Irlanda

Uma mulher que pedia uma indemnização de mais de 760 mil euros pelas sequelas sofridas num acidente de carro perdeu o caso após ter sido fotografada a participar num concurso que consistia em... atirar pinheiros pelo ar.

Kamila Grabska, de 36 anos, alegava ter ficado com sequela que a deixavam incapacitada, após um acidente em fevereiro de 2017, em que a sua viatura foi abalroada por trás.

Na sequência disso, a mulher alegava não conseguir trabalhar, brincar com os filhos ou carregar sacos pesados devidos às agoniantes dores de costas e pescoço. Por isso, queria ser indemnizada pelo seu seguro automóvel.

Porém, ao mesmo tempo que alegava não conseguir fazer estas tarefas básicas, Kamila mostrava ser mestre em concursos que exigem força e destreza física. 

Em janeiro de 2018, a imagem da mulher a atirar um pinheiro o mais longe possível, foi vista a nível nacional depois de esta ter sido notícia num jornal nacional irlandês - por ter sido a vencedora do concurso.

Kamila  argumentou que, embora parecesse feliz nas fotografias do evento de beneficência, continuava a sofrer as consequências dos ferimentos e ainda hoje sente dores. Porém, a juíza achou que a fotografia era o suficiente para tomar a sua decisão.

"É uma árvore de Natal muito grande e natural e está a ser atirada por ela com um movimento muito ágil. Receio não poder deixar de concluir que as alegações foram totalmente exageradas. Nessa base, proponho que a ação seja julgada improcedente", decretou.

Leia Também: Serralves abre nova Ala Álvaro Siza no sábado com duas exposições

Recomendados para si

;
Campo obrigatório