Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
27º
MIN 18º MÁX 28º

Milhares de pessoas manifestam-se na Áustria contra a extrema-direita

Milhares de pessoas concentraram-se hoje nas principais cidades austríacas sob o lema "Defender a democracia" e para enviar um sinal à extrema-direita, numa altura em que o ultranacionalista e xenófobo FPÖ lidera as sondagens das intenções de voto.

Notícias ao Minuto

20:33 - 25/02/24 por Lusa

Mundo Áustria

As manifestações de hoje foram convocadas pelo 'Fridays for Future', um movimento que denuncia frequentemente o impacto das alterações climáticas, em dezenas de localidades da Áustria.

Na capital do país, Viena, cerca de 800 pessoas concentraram-se frente ao parlamento (pode ver as imagens na galeria acima).

No decurso da concentração, uma porta-voz do 'Fridays for Future' pediu uma resposta nas urnas à extrema-direita, num ano em que a Áustria organiza eleições legislativas e para o Parlamento Europeu, mas também para os parlamentos das regiões da Styria e Voralberg e para as câmaras municipais de Salzburgo e de Innsbruck.

A porta-voz pediu para que sejam evitadas coligações governamentais com "formações extremistas", numa referência ao Partido da Liberdade da Áustria (C), e que sejam rejeitadas outras alianças com a direita ultranacionalista.

Com 30% das intenções de voto, o FPÖ lidera as intenções de votos dos austríacos nas mais recentes sondagens, com larga vantagem face ao Partido social-democrata SPÖ, líder da oposição, e ao conservador Partido Popular (ÖVP), que governa atualmente com os ecologistas Os Verdes.

O ÖVP e o FPÖ governaram em coligação entre 2017 e 2019, quando um escândalo de corrupção no partido de extrema-direita pôs termo ao acordo político.

No passado dia 26 de janeiro, cerca de 50.000 pessoas, segundo os organizadores, participaram em Viena numa concentração contra a extrema-direita.

Leia Também: Costa diz que Portugal "não vai depender do voto da extrema-direita"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório