Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 24º

Eleições gerais em Moçambique vão custar 289 milhões

As eleições gerais deste ano em Moçambique vão custar quase 20 mil milhões de meticais (289 milhões de euros), anunciou hoje a Comissão Nacional de Eleições (CNE).

Eleições gerais em Moçambique vão custar 289 milhões
Notícias ao Minuto

15:12 - 22/02/24 por Lusa

Mundo Moçambique

"O orçamento atualizado para suportar as despesas da realização das sétimas eleições gerais, presidenciais e legislativas e das quartas dos membros das assembleias provinciais e do governador da província, marcadas para 09 de outubro do corrente ano, é de 19.993.186.146 meticais", referiu o CNE, em comunicado.

Deste montante, mais de 6,5 mil milhões (95 milhões de euros) já foram disponibilizados, acrescentou

A CNE avançou que decorrem neste momento os preparativos para o recenseamento eleitoral, que vai decorrer entre 15 de março e 28 de abril em Moçambique e entre 30 de março e 28 de abril no estrangeiro.

O órgão eleitoral espera inscrever mais de sete milhões de pessoas este ano, num processo que vai contar com a criação de, entre outros, 9.165 postos de recenseamento e 6.330 brigadas, estando em curso a distribuição, pelo país, de parte do material para o processo.

"Estão em curso as atividades preparatórias do recenseamento eleitoral cuja projeção do número de eleitores que se devem fazer à votação, isto é, incluindo os que se recensearam aquando da realização das eleições autárquicas de 11 de outubro de 2023, é de 16.497.501 eleitores", disse hoje Paulo Cuinica, porta-voz da CNE durante uma conferência de imprensa em Maputo

Segundo o porta-voz, do total de votantes previstos, 16.217.816 estão em Moçambique e os restantes 279.685 no estrangeiro.

Moçambique realiza eleições gerais em 09 de outubro deste ano, incluindo presidenciais, às quais já não pode concorrer o atual chefe de Estado e líder da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo, no poder), Filipe Nyusi, por ter atingido o limite constitucional de dois mandatos.

Leia Também: Moçambique gastou menos em 2023 mas custo com pessoal excedeu orçamento

Recomendados para si

;
Campo obrigatório