Meteorologia

  • 25 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 19º

Pelo menos 71 trabalhadores eleitorais morreram de exaustão após eleições

Pelo menos 71 trabalhadores eleitorais morreram devido ao esgotamento e ao cansaço após as eleições de 14 de fevereiro na Indonésia, informou hoje o responsável da Comissão Eleitoral do país, Hasim Asiari.

Pelo menos 71 trabalhadores eleitorais morreram de exaustão após eleições
Notícias ao Minuto

13:43 - 19/02/24 por Lusa

Mundo Indonésia

Cerca de 4.500 pessoas adoeceram devido ao cansaço acumulado após terem sido voluntárias durante as eleições de 14 de fevereiro.

Hasim Asiari especificou que os dados foram obtidos entre 14 e 18 de fevereiro e confirmou as mortes durante uma conferência de imprensa em Jacarta. O responsável anunciou que o Governo oferecerá indemnizações às famílias de alguns trabalhadores que morreram, assim que forem verificados os documentos necessários.

Dezenas de pessoas morreram apesar de o Governo já ter determinado um limite de idade para os voluntários, que também devem ser submetidos a exames médicos. Cerca de 500 pessoas morreram durante as eleições de 2019, segundo informações recolhidas pelo portal de notícias Detik News.

Quase cinco milhões de voluntários trabalharam na semana passada em cerca de 800 mil centros de votação em todo o país. Mais de 200 milhões de cidadãos recensearam-se para ir às urnas e eleger o próximo Presidente e Vice-Presidente da Indonésia, assim como para o Parlamento e das assembleias locais.

O processo de votação na Indonésia exige uma jornada de trabalho de 24 horas para distribuir, contar e registar centenas de cédulas de votos.

O ministro da Defesa indonésio, Prabowo Subianto, continua a ser o principal favorito à vitória para a Presidência, de acordo com as mais recentes sondagens, embora os resultados oficiais só devam ser publicados em 20 de março.

Leia Também: Presidente de Timor felicita Prabowo Subianto por vitória nas eleições

Recomendados para si

;
Campo obrigatório