Meteorologia

  • 13 JUNHO 2024
Tempo
25º
MIN 14º MÁX 25º

Guterres em Bruxelas para discutir guerras da Ucrânia e do Médio Oriente

O secretário-geral da ONU, António Guterres, estará em Bruxelas, no final de março, para participar na cimeira europeia e discutir com os líderes da União Europeia (UE) a guerra na Ucrânia e o conflito entre Israel e o Hamas.

Guterres em Bruxelas para discutir guerras da Ucrânia e do Médio Oriente
Notícias ao Minuto

14:41 - 14/02/24 por Lusa

Mundo UE

A informação foi hoje avançada à agência Lusa por várias fontes europeias, que indicaram que António Guterres participará presencialmente no início dos trabalhos, a 21 de março, num almoço com os chefes de Governo e de Estado dos 27 Estados-membros da UE no primeiro de dois dias do Conselho Europeu regular.

"Ele foi convidado, de facto, porque esta é a altura certa para termos uma discussão conjunta sobre o Médio Oriente e a Ucrânia", referiu à Lusa um diplomata europeu.

Outra fonte europeia indicou que o convite foi feito pelo presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.

De acordo com estes funcionários europeus ouvidos pela Lusa, o Conselho Europeu de março (que se realiza a 21 e 22 de março) vai centrar-se na área dos negócios estrangeiros, principalmente sobre a guerra na Ucrânia, quando se assinalam dois anos da invasão russa, no final deste mês de fevereiro.

Porém, uma discussão mais complexa será focada na região do Médio Oriente, pelo intensificar do conflito entre Israel e o grupo islamita palestiniano Hamas e dadas as diferentes posições entre os 27 líderes da UE.

A ideia é, ainda assim, "chegar a novas conclusões" sobre o Médio Oriente, segundo um funcionário europeu, que admitiu porém tratar-se de um "osso duro de roer".

Relativamente à guerra da Ucrânia, a discussão nessa cimeira europeia irá incidir sobre as sanções da UE à Rússia, os bens russos congelados, o apoio financeiro e militar a Kiev e a eventual adesão do país ao bloco comunitário, adiantou a mesma fonte.

Para abril, está marcado um outro Conselho Europeu para a 17 e 18 desse mês, dessa vez em formato informal, que se realiza em Bruxelas pela presidência semestral belga do Conselho da UE e que será dedicado a questões sobre o mercado interno e competitividade.

Leia Também: Guterres duvida que retirada de palestinianos de Rafah seja realista

Recomendados para si

;
Campo obrigatório