Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 16º

Egito nega relatos sobre denúncia de acordo de paz com Israel

O ministro dos Negócios Estrangeiros egípcio negou hoje relatos sobre uma eventual denúncia do acordo de paz entre Israel e Egito no caso de uma operação militar israelita em Rafah, na fronteira com a Faixa de Gaza.

Egito nega relatos sobre denúncia de acordo de paz com Israel
Notícias ao Minuto

16:14 - 12/02/24 por Lusa

Mundo Israel

"O Egito respeitará o acordo alcançado há mais de 40 anos, desde que Israel o respeite", prometeu Sameh Shukry, numa conferência de imprensa em Liubliana, ao mesmo tempo que voltou a apelar a um rápido cessar-fogo em Gaza.

O chefe da diplomacia egípcia condenou a deslocação forçada de centenas de milhares de palestinianos em Gaza e expressou a sua convicção de que o reforço das actividades militares israelitas no sul do enclave apenas agravaria a situação.

"A comunidade internacional deve tomar medidas claras contra os responsáveis pela deslocação forçada de residentes em Gaza", insistiu o ministro egípcio, cujo Governo quer evitar a todo custo ter de acolher centenas de milhares de palestinianos no seu território.

Shukry acredita que o conflito desencadeado pelo massacre terrorista do Hamas em Israel, em 07 de outubro, só será resolvido através do estabelecimento de dois Estados e da garantia da segurança tanto de Israel como dos palestinianos.

A agência Associated Press noticiou no domingo que o Egito ameaça suspender o seu tratado de paz com Israel se as tropas israelitas forem enviadas para Rafah, citando dois responsáveis egípcios e um diplomata ocidental que falaram sob anonimato.

As mesmas fontes da AP alertaram que os combates podem forçar o encerramento da principal rota de abastecimento de ajuda humanitária ao território sitiado.

Leia Também: Egito ameaça suspender tratado de paz se Rafah for invadida

Recomendados para si

;
Campo obrigatório