Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
23º
MIN 13º MÁX 24º

Ucraniano acusado de espionagem e terrorismo morre em prisão russa

O cidadão ucraniano Víktor Démchenko, acusado pelas autoridades russas de espionagem e "participação num grupo terrorista, morreu numa prisão russa na região de Rostov, perto da Ucrânia, segundo divulgou hoje a Organização Não-Governamental (ONG) ilegalizada russa Memorial.

Ucraniano acusado de espionagem e terrorismo morre em prisão russa
Notícias ao Minuto

16:44 - 11/02/24 por Lusa

Mundo Ucrânia

De acordo com informações divulgadas pela Memorial no Telegram, os dados sobre a morte do prisioneiro ucraniano surgiram no banco de dados do site do Tribunal regional de Rostov.

Os dados sobre o recluso falecido são escassos, exceto que nasceu em 1952 na cidade ucraniana de Mospino, controlada desde 2014 por separatistas russos na região de Donetsk, território anexado pela Rússia em setembro de 2022.

Démchenko foi acusado de espionagem e participação num grupo terrorista, além de ser acusado de ter um depósito ilegal de armas e munições.

A agência russa TASS questionou o Tribunal de Rostov, que informou que "o processo criminal cessou" devido à morte do suspeito.

As autoridades especificaram que o detido sofreu uma paragem cerebral e foi transferido para um hospital na região de Rostov, onde faleceu no dia 31 de dezembro de 2023.

O julgamento contra Démchenko começou em setembro do ano passado e foi realizado à porta fechada devido ao caráter secreto da informação.

O tribunal realizou sete sessões e a oitava ficou marcada para 25 de janeiro.

Leia Também: Exército Russo repeliu ataques da Ucrânia em vários setores da frente

Recomendados para si

;
Campo obrigatório