Meteorologia

  • 29 MAIO 2024
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 29º

Kyiv. Chefe da Defesa diz que experiência de Zaluzhny será considerada

O chefe do Serviço de Segurança e Defesa da Ucrânia assegurou hoje que a experiência do ex-comandante das Forças Armadas Valery Zaluzhny será tida em conta e ajudará a "conseguir uma maior vitória" na guerra contra a Rússia.

Kyiv. Chefe da Defesa diz que experiência de Zaluzhny será considerada
Notícias ao Minuto

18:19 - 09/02/24 por Lusa

Mundo Ucrânia/Rússia

"Consideramos que devemos estar unidos na luta contra o agressor, que atualmente se encontra temporalmente no nosso território. Devemos envolver neste combate todos os que têm experiência, desejo de lutar e garantir a nossa vitória", disse Oleksiy Danilov.

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, anunciou na quinta-feira a destituição de Zaluzhny do posto de comandante-chefe das Forças Armadas, tendo sido substituído pelo até agora comandante do Exército (Forças terrestres) Oleksandr Syrsky.

No comunicado em que anunciou a sua decisão, Zelensky agradeceu a Zaluzhny pelos serviços prestados e convidou-o a manter-se vinculado à equipa militar responsável pelas operações contra a Rússia, mas sem o estatuto de comandante dos três ramos das Forças Armadas.

Hoje, o chefe de Estado ucraniano condecorou Zaluzhny e ainda Kirril Budanov, chefe da Direção principal dos serviços de informações do Ministério da Defesa, com os títulos de Herói da Ucrânia.

A cerimónia contou com a presença do sucessor do general como comandante-chefe das Forças Armadas, o coronel-general Oleksandr Syrsky.

A ofensiva militar russa no território ucraniano, desencadeada em 24 de fevereiro de 2022, mergulhou a Europa naquela que é considerada a crise de segurança mais grave desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Os aliados ocidentais da Ucrânia têm fornecido armas a Kiev e aprovado sucessivos pacotes de sanções contra interesses russos para tentar diminuir a capacidade de Moscovo de financiar o esforço de guerra.

Leia Também: Scholz insta Congresso dos EUA a desbloquear rapidamente apoio a Kyiv

Recomendados para si

;
Campo obrigatório