Meteorologia

  • 19 ABRIL 2024
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 21º

"Parte da família". Após 2 anos, casal adota bebé deixado com bombeiros

O bebé tinha sido deixado num posto sob a Lei dos Bebés Seguros, que permite que os pais deixem os bebés com menos de 30 dias de idade num local seguro designado, sem qualquer penalização.

"Parte da família". Após 2 anos, casal adota bebé deixado com bombeiros
Notícias ao Minuto

17:13 - 23/01/24 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Quase há dois anos, o casal norte-americano Chris e Brittany Tyler estava na sua residência, em Louisville, Kentucky, nos Estados Unidos, quando se depararam com uma notícia na Internet sobre um recém-nascido entregue ao corpo de bombeiros local.

O bebé tinha sido deixado num posto sob a Lei dos Bebés Seguros, que permite que os pais deixem os bebés com menos de 30 dias de idade num local seguro designado, sem qualquer penalização. De seguida, a criança pode ser colocada para adoção.

Há cerca de um mês, no dia 18 de dezembro de 2023, depois de quase dois anos a passar pelo processo de adoção, Chris e Brittany adotaram, oficialmente, o menino, a quem deram o nome de Samuel.

"Ele faz parte da nossa família desde o primeiro dia", afirmou Chris Tyler ao Good Morning America, ao falar sobre o filho, que adora abraços e é fã do Mickey Mouse

O pai contou que ele e a esposa tornaram-se pais adotivos há quase sete anos, depois de lutarem contra a infertilidade durante anos. O primeiro filho adotado tem sete anos, enquanto que o segundo tem cinco. De acordo com o casal, quando leram a notícia sobre a criança entregue ao corpo de bombeiros, "rezaram e esperaram" que fossem convidados a acolher o bebé - uma vez que se mostraram disponíveis.

De acordo com o tenente-coronel Bobby Cooper, chefe-assistente do Corpo de Bombeiros de Louisville, que é um dos postos da Lei dos Bebés Seguros, os bombeiros estavam a meio de uma mudança de turno por volta das 8h, no dia 12 de maio de 2022, quando soou a campainha.

Na porta, os bombeiros encontraram um bebé recém-nascido em segurança dentro de uma caixa, com um bilhete da sua mãe biológica.

"Os [bombeiros] notificaram os serviços de emergência para que Samuel fosse examinado num hospital pediátrico local, garantindo que estava saudável e que recebeu os cuidados adequados de que precisava", revelou Cooper, acrescentando que "os bombeiros fizeram um excelente trabalho ao lidar com isso e notificar as autoridades".

Poucos dias depois, enquanto passeavam com os filhos mais velhos, os Tylers relataram que receberam um telefonema pedindo-lhes para adotarem o bebé. No dia seguinte, eles estavam na Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) de um hospital local, a segurar Samuel.

"Ele ficou na UCI durante algumas semanas antes de estar pronto para voltar para casa [porque] era muito pequeno", contou Brittany, salientando que Samuel pesava apenas 1,400 quilogramas quando chegou ao hospital. 

Quando os Tyler trouxeram Samuel para casa a 2 de junho de 2022, a criança "encaixou-se perfeitamente" na família. "As outras crianças amavam-no", lembrou Brittany.

No entanto, o processo de adoção foi longo e apenas no mês passado, após quase dois anos, os Tylers (finalmente) adotaram oficialmente Samuel.

Leia Também: Nasce segundo bebé em Espanha 'filho' de transplante de útero

Recomendados para si

;
Campo obrigatório