Meteorologia

  • 23 ABRIL 2024
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 24º

Papa descarta renúncia: "Não é um pensamento, nem uma preocupação"

Francisco esclareceu que não pensa numa eventual renúncia.

Papa descarta renúncia: "Não é um pensamento, nem uma preocupação"
Notícias ao Minuto

11:24 - 15/01/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Vaticano

Ao longo dos últimos tempos, muitas questões têm surgido perante os problemas de saúde do Papa Francisco, nomeadamente a possibilidade de este vir a resignar ao cargo e tornar-se Papa emérito, como Bento XVI. No entanto, este domingo, o sumo pontífice colocou um ponto final no tema, ao referir que não pensa em renunciar.

O esclarecimento surgiu numa longa entrevista concedida ao programa italiano 'Che tempo che fa'. "Não é um pensamento, nem uma preocupação, nem um desejo, é uma possibilidade aberta a todos os Papas, mas neste momento não está no centro dos meus pensamentos, preocupações ou sentimentos", disse, respondendo assim que não pensa numa eventual renúncia.

"Enquanto me sentir capaz de servir seguirei em frente, quando não puder mais será hora de pensar nisso", esclareceu.

De recordar que Francisco tem sofrido algumas alterações de agenda devido aos seus problemas de saúde, sobretudo ao longo de 2023.

O episódio mais recente aconteceu em novembro, quando falhou a leitura de um discurso numa sessão com rabinos europeus, argumentando não sentir-se "bem".

No início do verão, o Papa foi sujeito a uma cirurgia abdominal por risco de obstrução intestinal, sendo a ser colocada em causa, recorde-se, a sua participação na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em Lisboa.

Antes havia passado por uma bronquite, a que se somaram problemas anteriores, como cataratas, dor ciática e a uma artrose no joelho direito, que o obrigou a usar uma cadeira de rodas.

A questão em torno da renúncia adensou-se não só pelo seu estado de saúde, mas porque Francisco afirmou que estaria disposto a resignar se uma doença o impedisse de fazer o seu trabalho, tal como aconteceu com o seu antecessor, Bento XVI, em 2013.

Leia Também: Papa defende bênção de casais do mesmo sexo ou em "situação irregular"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório