Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 12º MÁX 24º

Canadá participou nos ataques dos EUA e Reino Unido contra rebeldes Hutis

Militares canadianos participaram nos ataques lançados na madrugada de hoje pelos Estados Unidos e pelo Reino Unido contra posições militares mantidas pelos rebeldes Hutis no Iémen, confirmou o Governo canadiano.

Canadá participou nos ataques dos EUA e Reino Unido contra rebeldes Hutis
Notícias ao Minuto

17:00 - 12/01/24 por Lusa

Mundo Canadá

A ministra dos Negócios Estrangeiros, Mélanie Joly, e o ministro da Defesa, Bill Blair, afirmaram em comunicado que "o pessoal das Forças Armadas canadianas destacado para o Comando Central dos Estados Unidos (CENTCOM)" esteve envolvido nos ataques.

"Estes ataques de precisão são coerentes com a Carta das Nações Unidas e demonstram o empenho da comunidade internacional em defender a liberdade de navegação e o comércio internacional no Mar Vermelho", afirmaram os ministros canadianos.

O Governo canadiano condenou "os ataques irresponsáveis dos Huthis contra navios comerciais e tripulações que operam no Mar Vermelho" e argumentou que estão a causar um "impacto direto no fluxo de alimentos, combustível, ajuda humanitária e outros bens essenciais" em todo o mundo.

Os rebeldes Huthis afirmaram hoje que cinco dos seus combatentes foram mortos por ataques aéreos dos Estados Unidos da América (EUA) e do Reino Unido contra as suas posições.

Os Huthis também disseram que vão continuar a atacar navios no Mar Vermelho apesar dos bombardeamentos.

Nos últimos meses, os rebeldes xiitas iemenitas, que contam com o apoio do Irão, lançaram operações contra vários navios de carga (israelitas ou com ligações a Israel) em retaliação pela guerra na Faixa de Gaza, levando quase 20 companhias de navegação a redirecionar os seus navios para evitar o Mar Vermelho.

Leia Também: Governo iemenita acusa Hutis de arrastarem país para cenário de confronto

Recomendados para si

;
Campo obrigatório