Meteorologia

  • 15 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 18º MÁX 26º

Reunião ministerial entre Angola e União Europeia

A próxima reunião ministerial entre Angola e a União Europeia está agendada para outubro, de acordo com informação veiculada em Luanda após a última sessão ordinária da Comissão Económica do Conselho de Ministros.

Reunião ministerial entre Angola e União Europeia
Notícias ao Minuto

10:51 - 11/07/14 por Lusa

Mundo Outubro

Conduzida pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, esta sessão realizou-se durante o dia de quinta-feira e serviu para preparar a reunião ministerial entre Angola e a União Europeia, que terá lugar em Bruxelas, segundo informação dos órgãos de comunicação social públicos.

Fonte da delegação europeia em Luanda indicou à Lusa que a reunião ministerial com Angola deverá realizar-se entre os dias 17 e 18 de outubro.

Da parte do Executivo angolano não foram adiantados mais pormenores sobre esta reunião ou sobre a preparação feita nesta sessão do Conselho de Ministros.

A comissão económica do Conselho de Ministros é o órgão técnico de apoio ao Presidente da República para assuntos de macro-económica.

A União Europeia prevê apoiar com cerca de 210 milhões de euros (ME) projetos de desenvolvimento em Angola, nos próximos sete anos, segundo informação confirmada já este mês à agência Lusa por fonte da delegação europeia em Luanda.

O valor previsto para este 11.º programa de apoio comunitário, que deverá ser assinado entre a Comissão Europeia e o Executivo angolano até final do ano, é praticamente idêntico ao quadro agora em fase final de execução, numa altura de sobreposição e transição entre programas de apoio.

Estas verbas inserem-se na nova programação de fundos comunitários, que vai vigorar até 2020, e abrangem essencialmente três grandes áreas de intervenção para projetos em Angola, indicou a mesma fonte.

Cerca de metade deste apoio financeiro europeu destina-se a projetos de Desenvolvimento Rural e Agricultura Sustentável, a realizar no país ao longo dos próximos sete anos.

Seguem-se projetos na área das Águas e Saneamento, esta em concreto com uma dotação prevista a rondar os 65 ME, e também na Formação Profissional e Ensino Superior.

No último Programa Indicativo Nacional, para aprovação de projetos entre 2008 e 2013, a União Europeia atribui a Angola uma dotação de 214 ME, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento (FED).

Esta verba visava cobrir operações estratégicas nas áreas da Governação (42 ME), Desenvolvimento Social e Humano (68,5 ME) e Desenvolvimento Rural (68,5 ME), além de 35 ME para setores descritos como "não focais".

Recomendados para si

;
Campo obrigatório