Meteorologia

  • 18 ABRIL 2024
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 25º

Conselheiro do Papa diz que Igreja devia permitir que padres se casem

Arcebispo de Malta defende que a exigência de que os padres têm de ser celibatários devia ser revista. Vaticano ainda não se pronunciou sobre estas declarações.

Conselheiro do Papa diz que Igreja devia permitir que padres se casem
Notícias ao Minuto

23:51 - 07/01/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Vaticano

Um alto funcionário do Vaticano defendeu, numa entrevista publicada este domingo, que a Igreja Católica Romana deveria "pensar seriamente" em permitir que os padres se casem. 

"Esta é provavelmente a primeira vez que o digo publicamente e vai parecer herético para algumas pessoas", começou por dizer o arcebispo de Malta, Charles Scicluna, em entrevista ao The Times of Malta, segundo cita a Reuters.

O arcebispo, que é também secretário adjunto do gabinete doutrinário do Vaticano, atirou: "Se dependesse de mim, eu reveria a exigência de que os padres têm de ser celibatários".

"A experiência mostrou-me que isto é algo em que temos de pensar seriamente", precisou o arcebispo, de 64 anos.

Segundo Scicluna, a Igreja já perdeu "grandes padres porque escolheram o casamento". O conselheiro do Papa Francisco notou que "há um lugar" para o celibato na Igreja, mas que também se deveria ter em consideração que um padre se pode apaixonar. "Alguns padres lidam com isso envolvendo-se secretamente em relações sentimentais", disse.

O Vaticano ainda não se pronunciou sobre estas declarações. Tal como nota a Reuters, o Papa Francisco já excluiu qualquer hipótese de alterar esta regra católica, no entanto, esta não é uma doutrina formal da Igreja e pode ser alterada por um futuro Papa.

Leia Também: Bênção de casais do mesmo sexo não é uma "heresia", diz Vaticano

Recomendados para si

;
Campo obrigatório