Meteorologia

  • 22 ABRIL 2024
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 27º

Filipinas. Homem mata vizinha por causa de conflito causado por flores

Após o crime, homem mostrou-se arrependido.

Filipinas. Homem mata vizinha por causa de conflito causado por flores
Notícias ao Minuto

13:56 - 04/01/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Crime

Um homem de 64 anos é acusado de ter decapitado uma vizinha, na sequência de uma discussão causada por uma plantação de flores junto ao local onde ambos viviam, nas Filipinas.

Rosalina Abing Asilo terá sido confrontada pelo seu vizinho, Mario Furton, por causa de flores plantadas pela própria, no dia 2 de janeiro.

O homem, de 48 anos, ter-se-á queixado de que os picos das flores o incomodavam, e Rosalina, em resposta, chamou-o de ladrão.

Furioso, Mario terá saído para beber com os amigos, tendo no regresso, decidido voltar a confrontar a mulher, na loja da qual esta era proprietária.

Foi aí que teve lugar o crime, que culminou com Rosalina a ser decapitada.

Refere o Daily Mail, que Mario terá regressado ao bar onde tinha estado para mostrar aos amigos o crime que cometera, fazendo-se acompanhar da cabeça da vítima.

As autoridades foram chamadas de imediato ao local, alertadas pelas testemunhas que se mostraram chocadas com o que viram.

Segundo o Daily Mail, enquanto era detido, o homem ter-se-á mostrado arrependido e pediu desculpa aos familiares da mulher.

"Fiquei ofendido por ela me ter chamado ladrão em frente aos meus filhos quando estava a tentar falar calmamente com ela", disse, explicando o que motivou o seu ato.

Leia Também: Índia. Homem decapita mulher por causa de demora em preparar chá

Recomendados para si

;
Campo obrigatório