Meteorologia

  • 12 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 27º

Restaurante vietnamita que matava 300 gatos por mês fecha portas

Animais eram usados para sopa.

Restaurante vietnamita que matava 300 gatos por mês fecha portas
Notícias ao Minuto

16:50 - 26/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Vietname

Um restaurante vietnamita, que abatia cerca de 300 gatos por mês para servir aos clientes, fechou portas este mês, depois de o próprio proprietário procurar ajuda junto da organização Humane Society International (HSI), expressando preocupações morais com a prática.

Foi a própria HSI que fez o anúncio, em comunicado, revelando que Pham Quoc Doanh, de 37 anos, fechou o restaurante, que vendia carne de gato, no bairro Thịnh Đán de Thái Nguyên, no início de dezembro. O encerramento do negócio levou a que 20 gatos, "que deveriam morrer afogados" para ser servidos no restaurante, fossem resgatados e tivessem uma segunda oportunidade.

"Vinte gatos e gatinhos que deveriam morrer afogados num matadouro em Thái Nguyên, no Vietname, receberam uma segunda oportunidade na vida depois de o proprietário pedir ajuda à equipa local da instituição de caridade animal Humane Society International para fechar o seu negócio para sempre" revela.

"Pham Quoc Doanh, de 37 anos, administrou o seu restaurante e matadouro de carne de gato durante cinco anos, afogando até 300 gatos por mês para servir aos clientes como um prato chamado 'thịt mèo' (carne de gato) e 'tiêu hô' ou 'pequeno tigre'. O arrependimento por ter matado os animais, e principalmente o conhecimento de que muitos eram animais de estimação roubados, levaram-nos a decidir sair do negócio para sempre", acrescenta.

O encerramento do negócio e o resgate dos animais faz parte do programa 'Vietnam Models for Change', da HSI, que foi lançado no país no ano passado. Desta forma, Pham recebeu uma subvenção única para fechar o restaurante e abrir uma mercearia.

"Já há algum tempo que sentia um desejo genuíno de deixar o cruel negócio da carne de gato e mudar para outra coisa o mais rápido possível. Quando penso em todos os milhares de gatos que abati e servi aqui ao longo dos anos, é perturbador", disse o homem, citado na mesma nota.

"O roubo de gatos é tão comum no Vietname que sei que muitos dos gatos vendidos aqui eram companheiros de família queridos de alguém, e lamento muito por isso. Fico feliz em saber que, graças à HSI, a minha esposa e eu podemos agora deixar o comércio de carne de gato para trás e começar de novo", acrescentou Pham, que tem dois filhos.

A organização estima que um milhão de gatos são mortos por ano para obter carne no Vietname, todos animais de estimação roubados e animais retirados das ruas. 

Todos os 20 gatos resgatados do matadouro de Pham foram levados para um abrigo personalizado na Universidade de Agricultura e Silvicultura de Thái Nguyên, onde foram vacinados e receberão cuidados médicos antes de serem disponibilizados para adoção local.

Leia Também: Cão escapa ileso após cair de altura de mais de 9 metros. Eis o resgate

Recomendados para si

;
Campo obrigatório