Meteorologia

  • 23 ABRIL 2024
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 24º

Papa pede para "não se confundir" festa de Natal "com consumismo"

O Papa Francisco assinalou hoje a época de Natal e pediu para "não se confundir a festa com o consumismo" e que não sejam esquecidas as populações que sofrem com a guerra, nomeadamente as palestinianas, israelitas e ucranianas.

Papa pede para "não se confundir" festa de Natal "com consumismo"
Notícias ao Minuto

12:55 - 24/12/23 por Lusa

Mundo Vaticano

"Desejo-vos um bom domingo e uma véspera de Natal em oração, no calor do afeto e na sobriedade e, se me permitem, uma recomendação: Não confundam a festa com o consumismo", disse o Papa durante a oração do Angelus na Praça de São Pedro, na Cidade do Vaticano.

"Como cristãos, podem comemorar com simplicidade e sem desperdício, compartilhar com outros que não têm o necessário ou que não têm companhia", afirmou o líder da Igreja Católica, inclinando-se para fora da janela do palácio papal.

Francisco também pediu para que neste Natal não sejam esquecidos os "irmãos que sofrem com a guerra" e convidou todos a "pensar na Palestina, em Israel e na Ucrânia e naqueles que sofrem com a miséria, a fome e a escravidão".

O Papa, que está ainda a recuperar de uma bronquite, vai presidir todos os eventos litúrgicos do Natal, começando pela celebração hoje da Missa do Galo, na Basílica de São Pedro.

A missa vai ter início às 19h30 (18h30 em Lisboa), como tem sido habitual nos últimos anos, em vez de esperar até à meia-noite, para que os fiéis possam ir jantar com as suas famílias.

Na manhã de Natal, Francisco vai aparecer novamente às 12h00 (11h00 em Lisboa) na varanda central da basílica do Vaticano, como no dia da sua eleição, para ler a mensagem de Natal, concentrada nos males e nas guerras do mundo, e conceder a bênção "Urbi et Orbi" (à cidade de Roma e a todo o mundo).

No dia 31 de dezembro serão celebradas as primeiras vésperas na Basílica de São Pedro às 17h00 (16h00 em Lisboa) e, em 01 de janeiro, vai ser celebrada a missa da Solenidade de Maria Santíssima Mãe de Deus, que coincide com o Dia Mundial da Paz.

As celebrações do Natal vão terminar no dia 06 de janeiro, com a missa da Epifania às 10h00 (09h00 em Lisboa) na Praça de São Pedro.

Leia Também: Homilias de Bento XVI proferidas durante missas privadas serão publicadas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório