Meteorologia

  • 16 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 24º

Atirador de Praga terá matado o pai. Ministro descarta "terrorismo"

Não há indicação de que este crime "tenha qualquer relação com o terrorismo internacional", referem as autoridades.

Atirador de Praga terá matado o pai. Ministro descarta "terrorismo"
Notícias ao Minuto

17:09 - 21/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Chéquia

O número de mortos do tiroteio que ocorreu, esta quinta-feira, na Faculdade de Letras da Universidade Charles, na capital da República Checa, aumentou para 14, além do atirador, segundo confirmaram as autoridades daquele país. O jovem, que era estudante no estabelecimento de ensino, terá assassinado o pai antes do ataque.

Até ao momento, foram registados 25 feridos, nove dos quais em estado grave.

De acordo com as informações fornecidas pelo chefe da polícia, Martin Vondrášek, em conferência de imprensa, o atirador, que tinha 24 anos, ter-se-á inspirado noutros ataques semelhantes para levar a cabo o tiroteio, que foi "planeado".

Ainda que a polícia esteja a levar a cabo buscas nas proximidades, devido a suspeitas de que artigos de pirotecnia poderiam estar no local, não há indicação de que este crime "tenha qualquer relação com o terrorismo internacional", ressalvou o ministro do Interior, Vít Rakušan, na mesma conferência de imprensa.

As autoridades estão, também, a tentar apurar se o jovem morreu pelos próprios meios, ou se foi abatido. É que, de acordo com a imprensa local, a polícia recebeu um alerta de que o estudante, que vivia na aldeia de Hostouň, queria colocar termo à própria vida, em Praga. A polícia está, também, a levar a cabo buscas numa residência naquela localidade.

De acordo com Vondrášek, as autoridades encontraram o corpo do pai do atirador na residência de ambos, pelas 12h40 (11h40 em Lisboa). Descobriram, depois, que o jovem teria uma aula às 14h00, pelo que ordenaram a evacuação do edifício. Contudo, o estudante dirigiu-se a outro local da universidade, onde abriu fogo.

Durante a conferência de imprensa, ainda estavam pessoas na instituição de ensino, cujos professores e alunos receberam ordens para trancar as portas das salas em que se encontravam durante a intervenção policial.

A estação televisiva privada Nova TV deu ainda conta de uma explosão, tendo noticiado que estava um homem armado no telhado do edifício do centro histórico de Praga. 

"Estou chocado com estes acontecimentos... Gostaria de expressar o meu profundo pesar e minhas sinceras condolências às famílias e entes queridos das vítimas do tiroteio", escreveu o presidente do país, Petr Pavel, na rede social X (Twitter).

Já o ministro do Interior, apelou à população para seguir as instruções da polícia, que vedou a zona e pediu aos residentes para permanecerem no interior das habitações.

Por seu turno, o primeiro-ministro checo, Petr Fiala, cancelou os compromissos agendados para hoje e dirigiu-se para Praga.

---

Se estiver a sofrer com alguma doença mental, tiver pensamentos autodestrutivos ou simplesmente necessitar de falar com alguém, deverá consultar um psiquiatra, psicólogo ou clínico geral. Poderá ainda contactar uma destas entidades:

SOS Voz Amiga (entre as 16h e as 24h) - 213 544 545 (Número gratuito) - 912 802 669 - 963 524 660

Conversa Amiga (entre as 15h e as 22h) - 808 237 327 (Número gratuito) e 210 027 159

SOS Estudante (entre as 20h e a 1h) - 239 484 020 - 915246060 - 969554545

Telefone da Esperança (entre as 20h e as 23h) - 222 080 707

Telefone da Amizade (entre as 16h e as 23h) – 228 323 535

Todos estes contactos garantem anonimato tanto a quem liga como a quem atende. No SNS24 (808 24 24 24 - depois deve selecionar a opção 4), o contacto é assumido por profissionais de saúde. A linha do SNS24 funciona 24 horas por dia.

[Notícia atualizada às 20h49]

Leia Também: Presidente checo "chocado" com tiroteio em universidade de Praga

Recomendados para si

;
Campo obrigatório